Vitória de Cesar Almeida e Eduardo Mattar nas principais DISPUTAS do 36º Torneio de Verão em Santo Amaro

Cesar Almeida com Nefertite Império Egípcio campeão do Clássico (Luis Ruas) (Médio)

O Clássico, a 1.45m, encerrou o Concurso de Salto Nacional 3* 36º Torneio de Verão no Clube Hípico de Santo Amaro (SP) no domingo, 3/3. A disputa foi acirrada: dos 41 conjuntos, cinco foram ao desempate e três voltaram a garantir percurso limpo. O medalhista pan-americano Cesar Almeida com Nefertite Império Egípico, BH de 11 anos que está com o cavaleiro há cerca de dois anos e meio, levou a melhor.

Comemorando sua conquista, Cesinha fez um agradecimento especial: “dedico essa vitória a Maria Angela Aguiar”, titular do Haras Império Egípcio e uma das grandes incentivadores do hipismo brasileiro em solo nacional e internacional.

Sagrou-se vice-campeão o cavaleiro olímpico e atual campeão sul-americano José Roberto Reynoso montando Kentucky M, BH de 12 anos, de quebra, o cavaleiro também foi 4º colocado com Cornet Dor JMen. Em 3º lugar chegou Arthemus de Almeida com Dubruc JMen, BH de 11 anos. Assim o Haras Agromen, maior criatório do hipismo brasileiro, colocou nada menos três conjuntos no pódio que, aliás, foi 100% formado por cavalos Brasileiro de Hipismo.

Na noite do sábado, 2/3, a Copa Ouro, a 1.35m, foi o ponto alto. Dos 62 conjuntos nada menos que 17 foram ao desempate e a liderança mudou de mãos em mãos com sete conjuntos zerados.

Cesar Almeida com Nefertite Império Egípcio campeão do Clássico (Luis Ruas) (Médio)
Cesar Almeida com Nefertite Império Egípcio campeão do Clássico (Luis Ruas) (Médio)

Ao final quem levou a melhor foi Eduardo Mattar, o Dudu, 20 anos, campeão sul-americano Young Riders 2022, que montando seu Galiano de Fourches venceu sua primeira Copa Ouro, em 38s52, único a andar abaixo dos 39 segundos. “Essa sem dúvida foi uma vitória importantíssima que venho buscando faz um bom tempo”, comemorou o jovem vencedor. 

Sagrou-se vice-campeão Caio Pace montando Elevage du Rouet, cedido por José Roberto Reynoso para quem o cavaleiro passou a trabalhar há sete meses, em 39s73. Já o 3º posto coube ao jovem talento Raphael Mari e Istanbul que cruzaram a linha de chegada em 40s60.

Ao todo foram disputadas 26 provas de 1 a 1.45m com mais de 1,5 participações. Resultado completo – clique aqui.

Clássico – 1.45m
Campeão Cesar Almeida / Nefertite Império Egípcio – FPH – 0/37s85
Vice José Roberto Reynoso Fernandez Folho / Kentucky M – FPH – 0/38s29
3º Arthemus de Almeida / Dubruc JMen – FPH – 0/38s63
4º José Roberto Reynoso Fernandez Filho / Cornet Dor JMen – FPH – 4/38s07
5º Pedro Tavara de Matos / GB Dior – FPH – 8/37s78
6º Eduardo Barbara / RSF Princesa – FPH – 4/78s24

O jovem talento Eduardo Mattar com Galiano campeão da Copa Ouro (Luis Ruas) (Médio)
O jovem talento Eduardo Mattar com Galiano campeão da Copa Ouro (Luis Ruas) (Médio)

Copa Ouro – 1.35m
Campeão Eduardo Sennati Mattar / Galiano des Fourches – FPH – 0/38s52
Vice Caio Pace / Elevage Casinera du Rouet – FPH – 0/39s73
3º Raphael Montesano Mari / Istanbul – FPH – 0/40s60
4º Daniel Abbud Sarquis Aiex / Gaspard de la Nui Polana – FEERJ – 0/41s32
5º Antonio Fortino Neto / Kaluana JMen (IA) – FPH – 0/41s48
6º Paulo Miranda / Kayak JMen – Di Brunello – FPH – 0/41s75

Colaboração: Carola May

Visits: 38