Tradicional exposição de Cavalos Crioulos manchados ganha prova de Redomão

Exposição Mancha Crioula - Crédito Fagner Almeida Divulgação

A Trajano Silva Remates prepara mais uma edição do Mancha Crioula, considerado como um dos grandes eventos da raça e que celebra os animais de pelagens Tobiana, Oveira e Bragada. Executado inicialmente como um remate, nos últimos 11 anos a programação agregou exposição de cavalos e homenagem a grandes nomes da comunidade. Agora em 2024, será realizado entre os dias 28 de fevereiro e 3 de março, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS), e contará com uma novidade que é a prova de Redomão.

De acordo com o diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, a expectativa para o evento, que já tem mais de 20 anos de existência, é positiva. Ele destaca o leilão do  Mancha Crioula que abre a temporada de leilões do ano. “Na edição do ano passado, o leilão conseguiu a maior média e esperamos repetir esse desempenho em 2024”, projeta.

Em relação à prova Redomão, ela ocorrerá no domingo, dia 3, com o julgamento pela primeira vez na pista coberta da Associação Brasileira dos Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), no parque de Esteio. Ao contrário da edição de 2023, Silva aponta que não haverá competidores uruguaios neste ano. “O que teremos, informalmente, serão dois ou três cabanheiros que virão montar alguns cavalos,” informa.

Exposição Mancha Crioula - Crédito Fagner Almeida Divulgação
Exposição Mancha Crioula – Crédito Fagner Almeida Divulgação

Foto: Fagner Almeida/Divulgação

Texto: Artur Chagas/AgroEffective

Visits: 62