Clube do Hipismo
criado em 3/3/2007
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner


Contato





2646540
Today687
Yesterday2458
This week5624
This month28906

Nacionais
FÁBIO LEIVAS BRILHA E VENCE MINI GP DO OI SERRA E MAR DE HIPISMO
Nacionais

 

FÁBIO LEIVAS BRILHA E VENCE MINI GP DO OI SERRA E MAR DE HIPISMO

Colaboração BR Sports
 O tricampeão carioca de saltos Fábio Leivas foi a grande estrela da noite de sábado na Sociedade Hípica Paulista, onde está sendo disputada a segunda etapa do VI Campeonato Oi Serra e Mar de Hipismo. No dorso de Une Prince ele brilhou e foi o mais rápido no desempate do Mini Grande Prêmio Mitsubishi, com obstáculos a 1,35, com o tempo de 35s79 em pista limpa. O segundo posto ficou para Rodrigo Marinho e Varia, com 36s16, sem faltas. O conjunto Pedro Muylaert/Camaleon Jmen completou o pódio com 39s33, também sem faltas.
“Estou muito contente com esta vitória porque esta é a minha primeira prova importante com essa égua no Serra e Mar e ela se saiu muito bem, surpreendendo até as expectativas. Trata-se de um animal bem novo, só tem oito anos, e acredito que ainda vai desenvolver ainda mais, com o passar do tempo”, disse Leivas, que foi o campeão do torneio nas edições de 2005 e 2007.
Ao todo 66 conjuntos entraram na pista para saltar os 13 obstáculos do percurso traçado por Hélio Pessoa, com o tempo concedido de 75 segundos. Devido ao alto grau de dificuldade, apenas 14 garantiram a classificação para a segunda passagem do Mini GP.
Desta vez, com o tempo concedido de 45 segundos, os concorrentes precisavam saltar seis obstáculos. O carioca Rodrigo Marinho, que foi o quinto a competir, era o mais rápido e vencia até Fábio, o número oito na ordem de entrada, entrar no picadeiro fechado da hípica e baixar o tempo do concorrente em apenas 37 centésimos. Os outros seis conjuntos que vieram a seguir não conseguiram bater o tempo de Leivas.
“Conseguimos fazer um desempate muito rápido. Pelo grau de dificuldade da prova sabia que seria difícil de alguém tirar este tempo sem cometer erros. Felizmente deu tudo certo", encerrou.   
Na prova Carro Cavalo Mitsubishi a dupla vencedora foi Gustavo El-Jaick e Sergio Marins.
No Oi Serra e Mar de Hipismo, além da premiação em espécie, dada a cada etapa, será entregue ao grande campeão (somados os resultados das três etapas) uma Mitsubishi TR4 0Km. A premiação total da competição é de R$ 360 mil.  O evento conta com o apoio da Oi, Mitsubishi Motors, Banco Itaú, lojas AD e Prefeitura do Rio de Janeiro.
A pontuação do concurso mais charmoso do Brasil será por concorrente. Após cada prova, cada competidor somará pontos correspondentes a sua melhor colocação. Haverá um descarte da sua menor nota. A etapa 1 e 2 são classificatórias e o limite de vagas é de 80 conjuntos por prova. Na etapa final, o Domar Open, estarão habilitados os 25 melhores colocados na categoria aberta, 20 da amador e 10 da Amador A. Vale destacar que todos os competidores terão seus pontos zerados para a Etapa Final e só poderão usar uma montaria neste último desafio.
 
 
ETAPAS DO VI CAMPEONATO Oi SERRA E MAR DE HIPISMO

Etapa 1 – 26 a 28 de março - Sociedade Hípica Brasileira – RJ
Etapa 2 – 21 a 23 de maio – São Paulo - SP
Etapa Final – 24 de Julho - Domar Open - Itaipava / Petrópolis
 
VENCEDORES DO OI SERRA E MAR DE HIPISMO – CATEGORIA SÊNIOR
2005- FÁBIO LEIVAS
2006- MARIELA AMODEO
2007- FÁBIO LEIVAS
2008- JOSÉ ROBERTO REYONOSO
2009 – RODRIGO MARINHO
 
KARINA SMITH VENCE PROVA DE 1,30M NO SEGUNDO DIA DO OI SERRA E MAR EM SÃO PAULO
Nacionais

 

KARINA SMITH VENCE PROVA DE 1,30M NO SEGUNDO DIA DO OI SERRA E MAR EM SÃO PAULO

 Colaboração BR Sports
A amazona Karina Smith foi a grande vencedora da Prova Best Choice, com obstáculos a 1,30m, no segundo dia de competição do VI Oi Serra e Mar de Hipismo, que está sendo disputado na Sociedade Hípica Paulista, em São Paulo. Montando Best Choice Oiti TW, ela foi a mais rápida com o tempo de 59s24 em pista técnicamente perfeita. O segundo posto ficou para Ricardo Luis Vianna e Lua Exponencial, com o tempo de 60s36. O conjunto Richard Bilton/Companhia Athletica Rebell completou o pódio com 62s20.
“A pista estava muito bem armada pelo Hélio que, na minha opinião, é o melhor armador que temos e exigia muito raciocínio do competidor. Não adiantava sair correndo, sem pensar na estratégia porque acabaria cometendo faltas. Sendo assim, caprichei nas curvas e busquei cortar o máximo de caminho possível”, contou a amazona.
Ao todo 26 conjuntos entraram no picadeiro coberto da hípica paulista para saltar os 11 obstáculos do percurso traçado pelo course designer Hélio Pessoa. Karina Smith fez sua primeira passagem com a égua Best Choice Olivia e embora tenha feito um bom tempo (59s74) cometera uma falta. Quando voltou ao picadeiro, era a penúltima concorrente e desta vez, montando Best Choice Oiti TW não desperdiçou a oportunidade e marcou um excelente tempo sem cometer penalidades.
“O percurso não tinha onde respirar. Procurei tirar o máximo do meu cavalo e deu tudo certo”, encerrou.
Na primeira prova do dia, o Grande Prêmio Oi Simplicidade, com obstáculos a 1,10m, a grande vencedora foi Amanda Prado Bontempo montando Cavalleria Toscana Laurenselle com o tempo de 38s95, em pista limpa. Edward Amadeo e Best Taylor chegaram na segunda colocação com o tempo de 39s28, sem faltas. A terceira posição ficou para o conjunto de Luiz Flores/CNS Gold Dollar Doanjo, com 50s34 e três pontos perdidos por excesso de tempo.
Na prova Oi Convergência, categoria Amador A, com obstáculos a 1,20m, o grande campeão foi Pedro Barbosa Lima no dorso de Upsilon VD Heffinck, com o tempo de 57s23, seguido por Rimantas Sipas montando Odontoprime Sinclair e 58s35. A amazona Flávia Mendonça e sua Latina ficaram em terceiro com o tempo de 60s09.
 
No Oi Serra e Mar de Hipismo, além da premiação em espécie, dada a cada etapa, será entregue ao grande campeão (somados os resultados das três etapas) uma Mitsubishi TR4 0Km. A premiação total da competição é de R$ 360 mil.  O evento conta com o apoio da Oi, Mitsubishi Motors, Banco Itaú, lojas AD e Prefeitura do Rio de Janeiro.
A pontuação do concurso mais charmoso do Brasil será por concorrente. Após cada prova, cada competidor somará pontos correspondentes a sua melhor colocação. Haverá um descarte da sua menor nota. A etapa 1 e 2 são classificatórias e o limite de vagas é de 80 conjuntos por prova. Na etapa final, o Domar Open, estarão habilitados os 25 melhores colocados na categoria aberta, 20 da amador e 10 da Amador A. Vale destacar que todos os competidores terão seus pontos zerados para a Etapa Final e só poderão usar uma montaria neste último desafio.
 
RANKING CATEGORIA AMADOR A – 1,10M
1 – Isabela Lins Pinheiro – 30 pontos
2- João Gilberto Freire – 27 pontos
3 – Patricia Vianna – 26 pontos
 
RANKING CATEGORIA AMANDOR – 1,20M
1 – Anderson Deps – 26 pontos
2- Flávia Mendonça – 24 pontos
3 – Rimantas Sipas – 22 pontos
 
 
ETAPAS DO VI CAMPEONATO Oi SERRA E MAR DE HIPISMO

Etapa 1 – 26 a 28 de março - Sociedade Hípica Brasileira – RJ
Etapa 2 – 21 a 23 de maio – São Paulo - SP
Etapa Final – 24 de Julho - Domar Open - Itaipava / Petrópolis
 
VENCEDORES DO OI SERRA E MAR DE HIPISMO – CATEGORIA SÊNIOR
2005- FÁBIO LEIVAS
2006- MARIELA AMODEO
2007- FÁBIO LEIVAS
2008- JOSÉ ROBERTO REYONOSO
2009 – RODRIGO MARINHO
 
MARCOS RIBEIRO DOS SANTOS LARGA NA FRENTE NA ABERTURA DA SEGUNDA ETAPA DO VI OI SERRA E MAR EM SÃO PAULO
Nacionais

MARCOS RIBEIRO DOS SANTOS LARGA NA FRENTE NA ABERTURA DA SEGUNDA ETAPA DO VI OI SERRA E MAR EM SÃO PAULO
 


Colaboração BR Sports foto Alexandre Vidal

O paulista Marcos Ribeiro dos Santos foi o grande vencedor da Prova Oi Liberdade Total, com obstáculos a 1,40m, que marcou a abertura da segunda etapa do VI Campeonato Oi Serra e Mar de Hipismo, que está sendo disputada na Sociedade Hípica Paulista, em São Paulo. No dorso de Galant De La Lande, ele foi o mais rápido na prova de velocidade com o tempo de 65s80. O segundo posto ficou para José Roberto Reynoso montando Castor Cooper Sanol Dog Protécnica, com 66s18. O conjunto de Rodrigo Sarmento/Adelaide de Laubry completou o pódio com o tempo de 68s09.

“Desde o começo do ano venho concentrando todas as minhas expectativas no Serra e Mar que, na minha opinião, é hoje o melhor concurso hípico do Brasil. Pelo formato perfeito, com duas eliminatórias e depois a final, pela premiação que é ótima, pelos desenhadores de percurso, que são os melhores, enfim, quero muito vencer este torneio. Espero chegar bem na grande final e poder comemorar”, contou o cavaleiro, que sagrou-se campeão brasileiro em 2006, em Porto Alegre.

Ao todo 70 conjuntos participaram da prova de velocidade, onde a cada falta cometida eram acrescidos quatro segundos ao tempo final do participante. Sendo assim, era necessário saltar os 13 obstáculos do percurso traçado por Hélio Pessoa no menor tempo possível, sem cometer infrações, para não ter o seu tempo aumentado.

Leandro Serrano tinha o menor tempo até a entrada de Rodrigo Sarmento que foi o 47º a entrar na pista. O cavaleiro que fez parte da equipe campeã pan-americana, no entanto, liderou a prova por apenas alguns minutos. Marcos Ribeiro dos Santos foi o conjunto seguinte a entrar e baixou seu tempo em quase três segundos, não conseguindo ser alcançado mais por nenhum dos outros 22 concorrentes que viriam a seguir.

 “O percurso estava bárbaro. Este meu cavalo está em sua melhor fase, mas é especialista no primeiro dia de competição. Espero que ele descanse bem amanhã, se recupere e volte a apresentar um bom desempenho do GP de domingo”, encerrou.

Na prova Oi Convergência, que marcou a abertura da segunda etapa da competição, 66 conjuntos entraram na pista para saltar os obstáculos 1,35m. André Américo de Miranda montando Lassandra levou a melhor com o tempo de 52s39. A segunda colocação ficou para Carlos Vinícius da Motta e Trento com o tempo de 56s32. O conjunto da amazona Sara Pereira Willrich/Attil completou o pódio com o tempo de 57s09.

A programação continua neste sábado, e após o cronograma do evento, será realizada a divertida prova Carro-Cavalo, que distribuirá seis mil reais em premiação. Com inscrições gratuitas, as 16 duplas farão percursos com o cavalo e com o carro e quem cumprir o trajeto no menor tempo, leva o prêmio.  Depois da prova, será realizado um sorteio de duas TVs de LCD 32”, 5 mil reais em vales da AD, além de kits da Mitsubishi e da Oi.

A organização também está promovendo uma Tribuna Vip, onde poderá ser adquirida uma pulseira de acesso ao custo de 60 reais por dia, onde serão servidos o café da manhã, almoço e sopas à noite. Quem comprar para os três dias pagará 150 reais.

No Oi Serra e Mar de Hipismo, além da premiação em espécie, dada a cada etapa, será entregue ao grande campeão (somados os resultados das três etapas) uma Mitsubishi TR4 0Km. A premiação total da competição é de R$ 360 mil.  O evento conta com o apoio da Oi, Mitsubishi Motors, Banco Itaú, lojas AD e Prefeitura do Rio de Janeiro.

A pontuação do concurso mais charmoso do Brasil será por concorrente. Após cada prova, cada competidor somará pontos correspondentes a sua melhor colocação. Haverá um descarte da sua menor nota. A etapa 1 e 2 são classificatórias e o limite de vagas é de 80 conjuntos por prova. Na etapa final, o Domar Open, estarão habilitados os 25 melhores colocados na categoria aberta, 20 da amador e 10 da Amador A. Vale destacar que todos os competidores terão seus pontos zerados para a Etapa Final e só poderão usar uma montaria neste último desafio.
 
PROVA  OI LIBERDADE TOTAL – 1,40M

1-   Marcos Ribeiro dos Santos/Galant De La Lande – 65s80
2-   José Roberto Reynoso/Castor Cooper Sanol Dog Protécnica – 66s18
3-   Rodrigo Sarmento/Adelaide de Laubry – 68s09
4-   Luiz Francisco de Azevedo/Uno e Basta – 69s12
5-   Leandro Serrano/Palmar – 69s14
6-   Francisco José Mesquita Musa/69s15
 
RANKING APÓS A PRIMEIRA PROVA – 21/05- CATEGORIA ABERTA
 
1-   Luis Francisco de Azevedo – 38 pontos
2-   Rodrigo Sarmento – 35 pontos
3-   Marcos Ribeiro dos Santos – 34 pontos
 

ETAPAS DO VI CAMPEONATO Oi SERRA E MAR DE HIPISMO

Etapa 1 – 26 a 28 de março - Sociedade Hípica Brasileira – RJ
Etapa 2 – 21 a 23 de maio – São Paulo - SP
Etapa Final – 24 de Julho - Domar Open - Itaipava / Petrópolis
 
VENCEDORES DO OI SERRA E MAR DE HIPISMO – CATEGORIA SÊNIOR
2005- FÁBIO LEIVAS
2006- MARIELA AMODEO
2007- FÁBIO LEIVAS
2008- JOSÉ ROBERTO REYONOSO
2009 – RODRIGO MARINHO
RANKING APÓS A PRIMEIRA PROVA – 21/05- CATEGORIA ABERTA
 
1-   Luis Francisco de Azevedo – 38 pontos
2-   Rodrigo Sarmento – 35 pontos
3-   Marcos Ribeiro dos Santos – 34 pontos
 
 
ETAPAS DO VI CAMPEONATO Oi SERRA E MAR DE HIPISMO

Etapa 1 – 26 a 28 de março - Sociedade Hípica Brasileira – RJ
Etapa 2 – 21 a 23 de maio – São Paulo - SP
Etapa Final – 24 de Julho - Domar Open - Itaipava / Petrópolis
 
VENCEDORES DO OI SERRA E MAR DE HIPISMO – CATEGORIA SÊNIOR
2005- FÁBIO LEIVAS
2006- MARIELA AMODEO
2007- FÁBIO LEIVAS
2008- JOSÉ ROBERTO REYONOSO
2009 – RODRIGO MARINHO
 

 
Victoria Riskala garante índice para a Final FEI Young Riders World Dressage Cup
Nacionais

Victoria Riskala garante índice para a Final FEI Young Riders World Dressage Cup

Colaboração Rute Araujo

A conquista do índice (mínimo de 65%) foi durante o Concurso de Adestramento Nacional (CAN) realizado entre 30 de abril e 2 de maio na Sociedade Hípica Paulista, em São Paulo (SP). A amazona paulista será a única representante sul-americana na competição que acontece em Frankfurt, Alemanha, em dezembro, reunindo um seleto grupo de 16 atletas de vários países.

Montando Large Times pela série Forte I, categoria Jovem Cavaleiro, Victoria Riskala obteve o índice com os dois juízes olímpicos presentes na competição: o holandês Ghislain Fouarge (65%) e a alemã Evi Eisenhardt (66%), além do juiz internacional brasileiro Cel. Salim Nigri (66,750%).

Os campeões do CAN

Realizado conjuntamente ao CDI3* One Dressage Cup 2010, o Concurso de Adestramento Nacional (CAN) reuniu competidores de oito diferentes séries divididas em cinco categorias.

Na série Cavalos Novos os destaques foram: Leonor Cristina Rodrigues Ramalho montando First Class na categoria 4 anos; Sérgio Castany de Fiori com Land Rock-N-Roll do Feroleto na 5 anos e Pia Aragão montando Zepelim Interagro na série 6 anos.

Na série Elementar os campeões foram: Vera Lúcia Doschke/Upperten e Michele Behar com Eberfel na cateforia Amador e Rodrigo Evangelista montando Almansor HI na Profissional.

Na série Preliminar os campeões foram: Sérgio Geremias montando Xirineus na Profissional; Gabriel Stricker/Lucky Call e Sandra Pierzchalski montando San Giorgi na Amador; Antonio Victor Marcari Oliva com Principal do Retiro na Mirim.

Na Média I os campeões foram Eduardo Spinola montando Vinicius Itapuã na Amador e Rodrigo Evangelista com Zeloso HI na Profissional.

Na Média II o campeão da Profissional foi Edneu Senhorine montando Xaparro do Vouga enquanto na Amador venceram Manuel Tavares de Almeida Neto montando Viheste e Áurea Regina Cavalcanti com Saschsenglanz; na Junior o destaque foi João Victor Marcari Oliva montando Trunfo.

Na série Forte I os campeões foram Anette Ferraretto/Forest Xeique do Bosque na Profissional, Paula Maria Pinto de Souza Nogueira/Ramington na Amador e Victoria Riskala com Large Times na Jovem Cavaleiro.

O Concurso de Adestramento Nacional (CAN) foi patrocinado pela One Health, unidade de negócios da Amil Assistência Médica voltada ao público Triple A, e contou com organização conjunta da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH), Federação Paulista de Hipismo (FPH) e Sociedade Hípica Paulista (SHP).

 
Hipismo Nacional- CAN- Comemorativos aos 88 anos da Escola de Equitação do Exercito. RJ.
Nacionais

Hipismo Nacional- CAN- Comemorativos aos 88 anos da Escola de Equitação do Exercito. RJ.

De SKS Promoções – Silvia Milani

RODOLPHO RISKALLA SE DESTACA NO CAN COMEMORATIVO AOS 88 ANOS DA ESCOLA DE EQUITAÇÃO DO EXERCITO NO RIO DE JANEIRO

   Terminou no final da tarde de domingo, dia 25 de abril os eventos hípicos comemorativos ao 88º aniversário da Escola de Equitação do Exercito, no Rio de Janeiro, no Parque  Equestre General Eloy Menezes, local onde foram realizadas as provas hípicas do Pan-americano de 2007 e onde será o Mundial do Exercito de 2011. O local sediou provas de CCE- Concurso Completo de Equitação, Salto e o Campeonato de Adestramento Nacional, com a organização do Comandante da Escola, o Major Sergio Murilo Cerqueira.

   O evento foi um grande sucesso, com um número expressivo de concorrentes em todas as modalidades, tanto de militares quanto de civis. No último dia de competição do Campeonato de Adestramento Nacional- CAN, pela Série Forte o cavaleiro paulista, Rodolpho Riskalla foi o grande destaque da série Forte II, com o animal Valioso NP com a média final de 60, 658% de aproveitamento, conquistando a primeira posição da prova, seguido de perto pelo Cap. PM Luis Augusto Pacheco Âmbar e Lembrete com 60, 789%. A equipe de São Paulo que participou da modalidade de adestramento contou com o patrocínio de Medic Star.

   O Cap. Schlup e o animal Equação do Rincão foi o conjunto que mais brilhou na série Forte I, categoria Amador, conquistando a 1ª posição do segundo dia de prova, com a média final de 67, 561%, seguido pela Cap. Verônica Chagas com Diamante do Rincão com 63, 171% e o 3º posto da série foi ocupado pelo Cel. Marcus Vinhas e Arquipélago do Rincão com 62, 439%. Ainda nesta série pela categoria profissional, a vitória foi para o Cel. Salim Nigri e Esgrima do Rincão com a média final de 61, 098%.

   Pela Série Média I a vitória ficou com amazona de São Paulo, Suzi Padilla e Kanddahar com 66, 765%, seguida pelo Major Sergio Murilo Cerqueira e Imponência do Rincão com 62, 549% e a 3ª posição desta série, foi ocupada pela carioca, Carolina Rosada e Belle Binah com 60, 980%.

   O 1º Tem. PM Clodoaldo Donizeth da Cruz e IZ Ultraje foi o conjunto vitorioso da Série Preliminar no domingo, com 62, 525%, seguido pelo 2º Tem.  PM Luis Otavio Campanha Santana com IZ Zamorano com 61, 616% e o 3º lugar foi ocupado pelo 1º Tem. PM Davi de Carvalho Freixo com IZ Tango com 61, 010%. Ainda nesta série pela categoria profissional mais uma vez o paulista, Rodolpho Riskalla desta feita com Aditado Interagro foi o vencedor com 67, 071%.

   Finalizando as provas do último dia de competição do CAN, pela Série Elementar, a sensação foi a pequena amazona, Fernanda de Oliveira Diehi e o pônei Comanche, pela categoria Mini-mirim com a média final de 64, 000%, demonstrando ao público presente que tamanho e nem idade é documento. E ainda na Elementar pela categoria amador, o vencedor foi o Cel. Lobo com Jogral do Rincão com 64, 000%, seguido da carioca, Alejandra Fernandez e Olympia com 63, 600% e na 3ª posição ficou o 2º Tem. PM Israel José Gomes Ribeiro e Waste OF Time com 62, 800%.

   Ao término de todas as provas que registraram o aniversario da Escola de Equitação do Exercito, o Major Sergio Murilo Cerqueira proveu um coquetel de encerramento para todas as autoridades presentes e concorrentes de todas as modalidades da competição do final de semana, com premiação de troféus, aparelhos de som, MP4, jogos, entre outros para três primeiros lugares de cada categoria e série das modalidades: adestramento, salto e CCE, fechando com chave de ouro o primeiro evento nacional do calendário hípico de 2010 do Parque Equestre  General Eloy Menezes.
 

 
Concurso de Salto Nacional de Curitiba termina com saldo positivo
Nacionais

Concurso de Salto Nacional de Curitiba termina com saldo positivo

Colaboração Verônica Pacheco - Toda Comunicação
 

Curitiba sediou entre os dias 21 à 25 de abril, na Sociedade Hípica Paranaense (SHPr) o Concurso de Salto Nacional (CNS), Seletiva para o Mundial de cavalos novos de 5, 6 e 7 anos e seletiva mirim, pré junior e júnior um dos maiores eventos no hipismo nacional, e o maior já realizado no Estado.

O evento com número recorde de inscritos atraiu cavaleiros e amazonas de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, totalizando 600 conjuntos. Além de contar com grandes nomes, entre eles os cavaleiros olímpicos Vitor Alves Teixeira e Cesar Almeida, o campeão da prova internacional Rudder do The Best Jump de 2009 Bartholomeu Bueno de Miranda Neto e o premiado atleta Denis Gouveia.

Durante os cinco dias de competição, os amantes do hipismo puderam conferir o show que os competidores deram. Além de que, no sábado a noite, o Concurso de Salto Nacional contou com a apresentação da banda de pop rock Toccata, que garantiu a diversão de atletas e visitantes.

No Primeiro dia do CSN Cidade de Curitiba na Sociedade Hípica Paranaense houve as seletivas de cavalos novos para o Mundial. Foram 25 competidores da seletiva dos cavalos novos (CN) cinco anos, com pontuação zero  e houve empate entre 15 conjuntos. Já na categoria CN seis anos, o vencedor foi Felipe Juarez de Lima com a égua Raissa J. Men. O cavaleiro Felipe é paranaense, porém representa a Federação Paulista de Hipismo.

Na categoria Cavalos Novos sete anos, a vitória foi do atleta da Federação Paranaense de Hipismo e da SHPr, Omar Camargo Neto, com o cavalo Asterix.

Já no segundo, na seletiva Cavalos Novos cinco anos, 10 conjuntos empataram em primeiro lugar. Veja aqui os campeões. Na Categoria Cavalos Novos seis anos o cavalo campeão foi Navarco Campeche montado por Leandro Serrano Giunchetti, conjunto da Federação Paulista. A égua Zuleika Método com o cavaleiro Felipe Juarez De Lima venceu a categoria Cavalos Novos sete anos, também pela FPH.

O carioca Felipe Amaral foi o vencedor da prova de 1,35m com seu cavalo Rastaman. E o paulista Cesar Almeida montando Top Gun venceu a prova de 1,45m de hoje.

Devido a fortes chuvas as provas do terceiro dia foram transferidas para sábado, dia 24. No sábado, penúltimo dia de prova houve o mini GP de 1,35m. Em baixo de muita chuva a grande campeã foi a paranaense Giovana Sobania com o cavalo Átomo Clasi. Em segundo lugar ficou o experiente cavaleiro Luiz Felipe Azevedo montando FAPE Colosso.  Dos 54 concorrentes apenas 12 conjuntos se habilitaram para o desempate, porém somente a amazona Giovana e o cavaleiro medalha de bronze olímpico Luiz Felipe fizeram o percursos de desempate sem faltas. E a paranaense levou a melhor fazendo menor tempo.

No domingo, atletas olímpicos competiram e houve uma prova de 1,50m, que é considerado uma marca alto. O campeão do GP 1,50m do CSN Cidade de Curitiba foi o paulista Leandro Serrano Giunchetti com o cavalo Palmar.

Segundo Fernando Sperb, presidente da Sociedade Hípica Paranaense, o evento foi considerado um sucesso, principalmente por conta da novidade desse ano, a revitalização das pistas. Principalmente da Pista Presidente inaugurada há poucos dias. “Esta reestruturação da Hípica fez com que todos os melhores cavaleiros do Brasil viessem saltar aqui e fez deste o maior campeonato do estado do Paraná de todos os tempos,” afirma.
 

 
COMEÇOU COM GRANDE ÊXITO O EVENTO HÍPICO COMEMORATIVO AOS 88 ANOS DA ESCOLA DE EQUITAÇÃO DO EXERCITO
Nacionais

COMEÇOU COM GRANDE ÊXITO O EVENTO HÍPICO COMEMORATIVO AOS 88 ANOS DA ESCOLA DE EQUITAÇÃO DO EXERCITO

De SKS Promoções – Silvia Milani

 
   Nem as chuvas que assolaram o primeiro dia de competições no Parque Eqüestre Eloy Menezes, estragaram o brilho do concurso nacional comemorativo ao aniversário da Escola de Equitação do Exercito que é comandada pelo Major Sergio Murilo Cerqueira.
 
   O evento que está sediando provas de CCE-Concurso Completo de Equitação e o Campeonato Nacional de Adestramento, prosseguirá até amanhã, domingo dia 25 de abril, com início das provas finais a partir das 9 horas.
 
   Neste sábado dia 24 de abril o destaque da prova principal de adestramento, Série Forte II, Reprise São Jorge, ficou por conta  do Cel. Salim Nigri que venceu a prova com a égua Esgrima do Rincão com 59,86% de aproveitamento, seguido de perto do cavaleiro paulista, Rodolpho Riskalla com Valioso NP, com 59,73% e na 3ª posição da prova, ficou, o Cap. Luis Augusto Pacheco Âmbar com o animal Lembrete, com 58,55%.
 
   O concurso que está comemorando a grande tradição da Escola de Equitação do Exercito com o Concurso Completo de Equitação – CCE provas de salto e o Nacional de Adestramento conta com a participação de 200 conjuntos entre civis e militares.
 
   As provas estão abertas ao público com entrada franca, fica localizado em Deodoro, local onde foi realizado o hipismo do Pan-Americano de 2007 e será realizado além das Olimpíadas de 2016, o Mundial Militar de 2011.Cel Salim Nigri

 
Só deu Rogério Clementino no alto do pódio
Nacionais

Só deu Rogério Clementino no alto do pódio

Colaboração Rute Araujo

Cavaleiro olímpico vence as 5 provas do 2º Concurso de Dressage Internacional (CDI3*) da temporada 2010 realizado entre 9 e 11 de abril no Clube Hípico de Santo Amaro, em São Paulo (SP).

A grande expectativa da competição era o registro de novos índices – mínimo de 64% em atribuição de juiz olímpico – rumo aos Jogos Equestres Mundiais, mas nenhum conjunto (cavalo/cavaleiro) conseguiu o feito. A prova válida, o Grand Prix, realizada na sexta-feira, 9, revelou campeão Rogério Clementino montando Portugal com média final de 62,979%.

A vice-campeã do Grand Prix foi Luiza Silveira, 15 anos, a mais jovem competidora entre os atletas que buscam vaga na equipe que representará o Brasil no Mundial de Kentucky, Estados Unidos. Apesar de não ter conquistado nenhum dos dois índices válidos, a amazona da Sociedade Hípica Paulista vem melhorando sua performance, tendo obtido 61,489% de Leif Tornblad, da Dinamarca, e 62,340% de Axel Steiner, dos Estados Unidos, os dois juízes olímpicos responsáveis pela atribuição do índice.

No Prix St. George - prova de abertura do CDI3* - Rogério Clementino abriu a série de cinco vitórias. Montando Sargento do Top o representante da Coudelaria Ilha Verde registrou média final de 67,053%, com parciais de 67,368% de Leif Tornblad e 68,947% de Axel Steiner. O vice-campeão foi Marcelo Alexandre montando Ventus dos Pinhais (63,632%).

No sábado, 10, na prova Intermediária I, o resultado foi o mesmo do Prix St. George, com Clementino/Sargento do Top em primeiro com média final de 66,789% e Marcelo Alexandre/Ventus dos Pinhais em 2º (64,789%).

Reservado ao Kür (prova com coreografia e música) o domingo, 11, novamente foi de Rogério Clementino. Venceu com Sargento do Top no Freestyle Intermediária I com média final de 71,350% e parciais de 75,000% e 74,000%, respectivamente atribuídas por Leit Tornblad e Axel Steiner, sendo as maiores notas de toda a competição. O vice-campeão foi Alexandre Morais de Oliveira com Zelix e média final de 66,550%.

No Freestyle Grand Prix Clementino e Portugal voltaram a vencer com média final de 67,700%.

No final do CDI3*, o dinamarquês Leif Tornblad, que integrou o júri nas Olimpíadas 2008 e também na Final da Copa do Mundo 2010 comentou: “Eu não me importo se o nível dos conjuntos varia um pouco. Nós estamos aqui para tentar fazer um julgamento justo e também estabelecer parâmetros que mostrem aos cavaleiros a maneira de aperfeiçoar sua forma de montar e os cavalos”.

Com chancela da Federação Equestre Internacional (FEI), o CDI3* contou com organização conjunta da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH), Federação Paulista de Hipismo (FPH) e Clube Hípico de Santo Amaro (CHSA).
 

 
Adestramento nacional sob análise de juízes olímpicos
Nacionais

Adestramento nacional sob análise de juízes olímpicos

Colaboração Rute Araujo

Concurso de Adestramento Nacional (CAN) em homenagem ao “Jubileu de Diamantes” do Clube Hípico de Santo Amaro, em São Paulo (SP), palco das disputas entre 9 e 11 de abril, contou no júri com os juízes olímpicos Leif Tornblad, da Dinamarca, e Axel Steiner, dos EUA.

“Vi alguns jovens talentos muito promissores e também observei bons cavalos”, disse o renomado juiz  Tornblad, que integrou o júri nas Olimpíadas 2008 e também na Final da Copa do Mundo 2010.  

Realizado conjuntamente ao CDI3* - Concurso de Dressage Internacional – o CAN reuniu atletas de seis diferentes séries e categorias que subiram diariamente no pódio.

Na sexta-feira, 9, foram 10 os campeões.

Na série cavalos Novos, Cristiano Augusto montando Afago da Raposa (7,4 pontos) venceu na categoria 5 anos enquanto Pia Aragão com Zepelim Interagro (7,2) na de 6 anos.

Na série Elementar, Rodrigo Evangelista com Almansor HI (68,000%) foi campeão da categoria Profissional, e Vera Lucia Domschke/Uppertem (60,000%) na Amador.

Sérgio Geremias montando Xirineus da Paixão (65,185%) foi o vencedor da Preliminar/Profissional.

Na Média I, Rodrigo Evangelista com Zeloso HI (65,810%) venceu na categoria Profissional. Já na Média II, o campeão da Profissional foi Marcelo Alexandre com Xamã dos Pinhais (67,500%), enquanto na Amador o título ficou com Manuel Tavares de Almeida Neto montando Viheste (67,037%).

Na série Forte I o Cel. Marcus Gerson Cordeiro montando Arquipélago do Rincão (64,417%) venceu na Amador e Anette Ferrareto com Forest Xeique do Bosque (66,250%) na Profissional.

Oito categorias de 5 diferentes séries entraram em pista no sábado, 11, onde o jovem talento Antonio Victor Marcari Oliva recebeu a maior nota atribuída pelo juiz olímpico Leif Tornblad em toda a competição: 77,391% durante a apresentação com Nilo VO, cavalo da equipe brasileira em Pequim e medalha de bronze no Pan do Rio sob a sela de Rogério Clementino. Antonio Victor foi o campeão da série Preliminar Mirim com média final de 73,913%. Na mesma série, categoria Profissional voltou a vencer Sergio Geremias/Xirineus da Paixão (66,364%).

Na série Elementar os resultados do dia anterior se repetiram, com vitória de Rodrigo Evangelista/Almansor HI (66,267%) na Profissional e Vera Lúcia Domschke/Uppertem (57,733%) na Amador.

Na série Cavalos Novos 5 anos o primeiro lugar do pódio foi de Mauro Pereira Junior com Aspargo Comando SN (7,4 pontos).

Na série Média I o campeão foi Rodrigo Evangelista com Zeloso HI (67,706%).

Na série Média II foram três os campeões: pela categoria Junior João Victor Marcari Oliva montando Trunfo (67,412%), na Profissional Mauro Pereira Junior com Xamballum Comando SN (66,481%) e na categoria Amador Manuel Tavares de Almeida Neto com Viheste (67,778%).

No domingo, 11, os irmãos Marcari Oliva foram os donos da festa ocupando a primeira e segunda colocação no pódio em suas respectivas séries.

Pela Preliminar, categoria Mirim, Antonio Victor voltou a vencer com Nilo VO fazendo média final de 71,793%, levando, ainda, a faixa de vice com Principal do Retiro (71,448%).

Na Média II, Junior, João Victor venceu com Trunfo (69,189%) e foi vice montando Zodiac dos Diamantes (66,000%).

O CAN Jubileu de Diamantes do Clube Hípico de

 

 

 

 

Santo Amaro contou com organização conjunta da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH), Federação Paulista de Hipismo (FPH) e CHSA.

 

 
MD Horse Show se consolida no cenário hípico brasileiro
Nacionais

MD Horse Show se consolida no cenário hípico brasileiro


O MD Horse Show - Concurso de Saltos Nacional se consolida como um dos eventos mais importantes do calendário hípico nacional. O evento, que já começou grande - em 2009 já reuniu grandes nomes do hipismo brasileiro – teve, durante o fim de semana de 19 a 21 de março, um público de mais de 15 mil pessoas. No domingo à tarde, dia da prova principal, mais de quatro mil pessoas estavam no Haras MD. Para chegar até o local de realização da prova, os motoristas tiveram de enfrentar um congestionamento que iniciava 500 metros antes da entrada do centro hípico.
As mais de quatro mil pessoas presentes no domingo tiveram de fazer um malabarismo para escapar do sol e acompanhar as provas de hipismo. As arquibancadas cobertas, o lounge e as árvores ofereciam sombras disputadas pelos visitantes. Nos três dias de competição, participaram 263 conjuntos, que representaram o que há de melhor do esporte na atualidade.
O Centro Hípico e Haras MD promoverá ainda em 2009 uma etapa da Copa Banrisul Gerdau de Saltos. O 3º MD Horse Show deverá acontecer em 2011.

Atletas de Passo Fundo

A cada nova competição, a cidade de Passo Fundo vem se consolidando como o principal pólo do hipismo no interior do Rio Grande do Sul, prova disso são os mais de quarenta conjuntos inscritos para o 2° MD Horse Show. Em todas as dezesseis provas do concurso havia concorrentes do município gaúcho. Há de se destacar a participação dos conjuntos passofundenses nos Mini Grande Prêmios realizados no concurso:
O Mini Grande Prêmio Scapini Honda foi disputado no sábado (20), na altura de 1,25 m, e contou com a participação de trinta e oito conjuntos amadores e vinte e seis conjuntos da categoria Sênior. A amazona Marina Dal Agnol levou MD Reflex ao terceiro posto entre os amadores, o conjunto zerou o percurso, obtendo apenas um ponto por excesso de tempo. Vale lembrar que foi a primeira competição do conjunto em provas em altura superior a 1,20m. No mesmo Mini GP, a amazona Rafaela Albuquerque Zanatta colocou dois animais entre os dez primeiros colocados: com Jet Set obteve a sétima colocação e com Legend, a décima. No mesmo Mini GP, na categoria Sênior, o cavaleiro e instrutor de hipismo Cristóvão Dellagerisi levou Mithy ao quarto melhor posto.
Já no domingo (21), aconteceu a disputa do Mini Grande Prêmio CVI Refrigerantes, que contou com a participação de trinta e dois conjuntos que saltaram a altura de 1,10m. O destaque de Passo Fundo ficou por conta da quarta colocação de Fernanda Dallagnol e Mulata e também da sexta colocação de Eduardo Zart de Arruda, com Srta Caliana Joter e Henrique dos Santos, com Lord List.

 

Medalhista pan-americano vence o GP Banrisul

Superando trinta e nove concorrentes, o atual medalhista de ouro pan-americano, César Almeida levou Acland Joter ao degrau máximo do pódio no Grande Prêmio Banrisul na altura 1,35m, a principal prova do concurso. O pódio foi completado pelo gaúcho Daniel Anicet montando Branco Van Dworse Hagen Guet e pelo uruguaio radicado no Rio Grande do Sul Marcelo Chirico, que montou CRM Watch Me.
Irineu Ghelen Filho foi o melhor colocado entre os passofundenses, o ginete montou Jujuy da Lagoa e obteve o nono posto entre os trinta e oito conjuntos que disputavam a competição.

Show de encerramento
No final do domingo, todos os que estavam no Haras MD foram recompensados com um grande presente no encerramento do 2º MD Horse Show. A dupla Jorge & Mateus realizou um excelente espetáculo repleto de sucessos durante duas horas, foi o primeiro show da dupla no Rio Grande do Sul.
O show movimentou a cidade de Passo Fundo nos dias que antecederam o evento, nenhum ingresso foi vendido, todos eles foram presenteados ou sorteados pelos meios de comunicação local, foi a primeira vez que um show desse porte contou com a participação de todas as rádios, jornais e emissoras de televisão da cidade gaúcha de 200 mil habitantes.

 

 
CLUBE HÍPICO DE SANTO AMARO SEDIOU  O TROFÉU EFICIÊNCIA DE HIPISMO E LANÇAMENTO DO ANUÁRIO BRASILEIRO DE HIPISMO 2009/2010
Nacionais

CLUBE HÍPICO DE SANTO AMARO SEDIOU  O TROFÉU EFICIÊNCIA DE HIPISMO E LANÇAMENTO DO ANUÁRIO BRASILEIRO DE HIPISMO 2009/2010

Colaboração SKS Promoções – Silvia Milani
 

   
    O Clube Hípico de Santo Amaro na noite do dia 27 de março, sábado  foi palco mais uma vez da grande festa do Troféu Eficiência de 2009, o prêmio máximo para os atletas de todas as modalidades hípicas da Federação Paulista de Hipismo e o lançamento do Anuário Brasileiro de Hipismo 2009/2010 na sede social da entidade.
 
    Trata-se da única publicação  do Brasil neste segmento,  escrita em português e inglês, com uma tiragem  de 10 mil exemplares a serem distribuídos nas principais capitais do país e outros de grande tradição no esporte hípico. O Anuário Brasileiro de Hipismo é um veículo que relata através de textos e fotos os principais eventos nacionais e internacionais  do hipismo clássico realizados no país em todas as modalidades hípicas oficiais.
 
    Também aborda as mais variadas raças de cavalos voltadas ao esporte, haras, hípicas e manèges bem como serviços do segmento esportivo, incluindo clínicas veterinárias. Destaca ainda as equipes hípicas de grande tradição e evolução no hipismo, além do sucesso dos brasileiros no continente europeu. Também cita os principais lugares para a pratica do esporte  e compra de cavalos no Brasil e no exterior. Enfim, um produto que além da beleza e conteúdo editorial faz bonito na biblioteca de qualquer amante do hipismo e está na sua 9º edição, com a coordenação da SKS Promoções, através da jornalista Silvia Milani e da B2 Comunicação, com o jornalista Arnaldo Branco Filho.
 
    Para maiores informações a respeito do Anuário Brasileiro de Hipismo, através dos e-mails: Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. , Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. , ou pelo telefone: (11) 3865-4514.

 
« InícioAnterior111213141516171819PróximoFim »

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL
Banner
Banner

Boas Festas

Banner
Paz, saúde e sucesso
 
Banner
Como anunciar seu cavalo

Divulgue seu cavalo a venda aqui é grátis

Read more text
Qual é a sua idade?
 
Qual é o seu sexo?
 
O que você pratica?
 
Você e seu cavalo saltam que altura?
 
O que falta para o hipismo no Brasil?
 
No Brasil se pratica Hipismo com segurança?
 
home search Google+