Clube do Hipismo
criado em 3/3/2007
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner


Contato





2587775
Today1531
Yesterday1798
This week9114
This month33967

2ª Etapa da 2ª Fase do Ranking da Sociedade Hípica Paranaense contou com grandes competidores e muita emoção
Internas

2ª Etapa da 2ª Fase do Ranking da Sociedade Hípica Paranaense contou com grandes competidores e muita emoção

Colaboração Verônica Pacheco, Carla Bastos Dias, foto Juliana Ribas - Toda Comunicação
 


O sol e o calor colaboraram para que mais uma etapa da 2ª Fase do Ranking da Sociedade Hípica Paranaense fosse um sucesso. Percurso exigente, com boas condições para saltar e competidores de elevado nível técnico fizeram parte da competição. “A Hípica organizou esta competição com a seriedade de sempre, obtendo grande número de inscrições e ótimos competidores”, ressaltou o presidente do clube Astolpho Macedo Souza Neto.


Foram 212 conjuntos inscritos, que competiram nas categorias de 0,40 m até 1,40 m. “Em cada etapa a competição fica melhor e o nível técnico dos atletas surpreendeu bastante. Aproveitei minha experiência em dois concursos internacionais para fazer o percurso e as pistas estavam tão boas que até os cavaleiros e amazonas estavam agradecendo”, comemora Vailton Jaci Cordeiro, o “Baíca”, diretor geral da Sociedade Hípica.


Thalison Diego Soares, com Bandover, ficou em primeiro lugar na pontuação geral do 1,30 de hoje (12) e da categoria Júnior 1,30. “Foi bem concorrido, tive algumas dificuldades porque cheguei quarta-feira de uma competição em São Paulo e meu cavalo estava cansado, mas ele me surpreendeu”, conta o cavaleiro. Sobre os competidores, Thalison afirma que eles são muito experientes e que ele procura se espelhar neles. “Eu acho o nível desta prova muito bom e é ótimo estar na ponta, mas sempre com muita humildade”, assegura.


O cavaleiro Jaime Canet concorda com Thalison e frisa que as provas estavam bem seletivas. “Estava muito bem armado, muito bom de saltar. O percurso de 1,30 do sábado (11) estava longo, difícil e exigente e o de 1,20 dava a possibilidade de galopar bastante”, avalia. Jaime venceu o Amador 1,20 e o Amador Top 1,30 e já sabe o que vai fazer com o prêmio em espécie. “Sempre ajuda nos custos, mas vale mais a diversão e a confraternização com os amigos”, confessa.


Segundo Astolpho Macedo, o patrocínio da Helisul, empresa de prestação de serviços aéreos, é de extrema importância. “Já está confirmado o apoio da Helisul na grande final em dezembro e isto é muito bom”, acrescenta. Para Baíca o apoio da Helisul é uma das coisas mais importantes no Paraná. “Agradecemos muito este patrocínio, pois sem ele não conseguiríamos ter um campeonato desta qualidade”, finaliza.
 
Classificação geral 1,30
1º - Thalison Diego Soares
2º - Sérgio Rubens Abib Filho
3º - Daniel Cesar Kuri
4º - Sérgio Rubens Abib Filho
5º - Cristian Schenkel
 
 
Classificação geral 1,40
1º - Fernando Augusto Sperb
2º - Omar Camargo Neto
3º - Daniel Cesar Kuri

 
Banner
Banner
 
Banner
Haras Itapuã

  

Criador do cavalo Brasileiro de Hipismo (BH) e Andaluz Brasileiro (AB)

Read more text
Qual é a sua idade?
 
Qual é o seu sexo?
 
O que você pratica?
 
Você e seu cavalo saltam que altura?
 
O que falta para o hipismo no Brasil?
 
No Brasil se pratica Hipismo com segurança?
 
home search Google+