Clube do Hipismo
criado em 3/3/2007
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner


Contato





2727642
Today1036
Yesterday2233
This week5190
This month37256

Internacionais
O representante do Helvetia Riding Center - Francisco Musa brilha na Europa.
Internacionais
Seg, 19 de Setembro de 2011 21:34
HELVETIA RIDING CENTER  ESTÁ EM FESTA PELA EXCELENTE ATUAÇÃO DE SEU REPRESENTANTE NA EUROPA – FRANCISCO MUSA
    A estrela do cavaleiro brasileiro, Francisco Musa brilhou mais uma vez hoje, sexta-feira, dia 16 de setembro, durante sua temporada européia.
   Hoje no CSI2 * Jardy na França, venceu a prova de abertura pela série de 1,30m, a competição Prix Coved com o cavalo Cazino (Cardento).
Leia mais...
 
CSIO Mundial da Juventude - Além do Brasil, já estão confirmados os conjuntos da Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile, Colômbia, Venezuela, Equador, Guatemala, México e Áustria
Internacionais
Qua, 07 de Setembro de 2011 10:45
Competição, confraternização e diversão juntas no maior evento de hipismo já realizado em Passo Fundo
Está chegando a hora. O Centro Hípico e Haras MD vai sediar a maior competição de hipismo já realizada em Passo Fundo/RS. Em parceria com a Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) e com a chancela da Federação Equestre Internacional (FEI), a entidade apresenta o Concurso de Saltos Internacional Oficial (CSIO) Mundial da Juventude. O evento acontecerá de 22 a 25 de setembro. O lançamento para a imprensa aconteceu no lounge do Haras MD na noite desta segunda-feira, dia 5 de setembro.
Leia mais...
 
Adestramento estréia no Athina Onassis Horse Show
Internacionais
Ter, 30 de Agosto de 2011 18:19
Adestramento estréia no Athina Onassis Horse Show
Luiza Tavares de Almeida e Rogério Silva Clementino são os representantes brasileiros no inédito CDI4* - Concurso de Dressage Internacional, categoria 4 estrelas, uma das atrações do AOIHS, neste fim de semana na Sociedade Hípica Brasileira, no Rio de Janeiro
Leia mais...
 
Convocada a equipe brasileira para o CSIO Mundial da Juventude em Passo Fundo
Internacionais
Qui, 25 de Agosto de 2011 20:16
A direção da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) divulgou nesta quinta-feira, dia 25 de agosto, a relação dos conjuntos convocados para o Concurso de Saltos Internacional Oficial (CSIO) Mundial da Juventude, de 22 a 25 de setembro, no Centro Hípico e Haras MD, em Passo Fundo/RS. Os selecionados deverão confirmar a participação até o dia 2 de setembro, para divulgação final das equipes três dias depois desta data.
Leia mais...
 
Newsletter # 2 from the Global Champions Tour in Valkenswaard, The Netherlands
Internacionais
Sáb, 13 de Agosto de 2011 18:20

Newsletter # 2 from the Global Champions Tour in Valkenswaard, The Netherlands

 
GCT NEWSLETTER #1, VALKENSWAARD, THE NETHERLANDS
Internacionais
Qui, 11 de Agosto de 2011 20:50
GCT NEWSLETTER #1, VALKENSWAARD, THE NETHERLANDS
 
GCT Newsletter #2 - Chantilly, France
Internacionais
Sáb, 23 de Julho de 2011 12:56
GCT Newsletter #2 - Chantilly, France
 
GCT Chantilly Newsletter #1.
Internacionais
Qui, 21 de Julho de 2011 20:26

GCT Chantilly Newsletter #1

 
PETRUS PEIXOTO É TOP-5 EM FORT WORTH E GARANTE VAGA NO MUNDIAL PELO SEGUNDO ANO CONSECUTIVO
Internacionais
Dom, 06 de Fevereiro de 2011 14:56

PETRUS PEIXOTO É TOP-5 EM FORT WORTH E GARANTE VAGA NO MUNDIAL PELO SEGUNDO ANO CONSECUTIVO
 
O brasileiro Petrus Peixoto garantiu a quinta colocação na prova de baliza, categoria Jovem, no tradicional e concorrida 115a edição do Fort Worth Stock Show & Rodeo, que está sendo disputado na Justin Arena, na cidade de Fort Worth, Texas, nos Estados Unidos, e garantiu classificação para o AQHA World Championship Show 2011, que ocorre no segundo semestre, também em território norte-americano, funcionando como o campeonato mundial da modalidade. Pelo segundo ano consecutivo, Peixoto coloca o Brasil entre os destaques da baliza mundial.
 
E, para garantir a classificação logo nesta primeira eliminatória do ano, Peixoto, que montou o cavalo Lightning Sugar Trick, precisou superar, além dos fortes concorrentes, também o intenso frio que assola os Estados Unidos, com a temperatura na casa dos 12 graus negativos. “Está sendo um esforço muito grande meu e também do animal, mas estamos conseguindo fazer um bom trabalho. É preciso aquecer o cavalo por mais de uma hora antes da prova e, enquanto isso, eu fico apenas de camisa e com as mãos descobertas, o que me traz uma forte dor nos braços”, relata o cavaleiro, que nascido no Rio de Janeiro (RJ), mas radicado em Recife (PE).
 
“Mas, vamos seguir buscando a superação, pois quero permanecer representando bem o Brasil”, complementa Peixoto.
 
Além de garantir posicionamento no Top-5 em sua categoria, Petrus está classificado para a etapa final da baliza na categoria Aberta.
 
E a alegria só não foi completa, pois Petrus Peixoto não conseguiu disputar a competição do tambor, ocorrida na terça-feira (1º de fevereiro), em virtude da nevasca que atingiu a região onde está sendo realizado o campeonato. “Tive problemas para transportar os animais, devido à neve, e não consegui correr a prova”, finaliza o cavaleiro.
 
 

 
Sol, emoção e hipismo
Internacionais
Seg, 20 de Dezembro de 2010 20:49

Sol, emoção e hipismo

Tarde de encerramento do CSIO Mercosul da Juventude 2010 teve altas temperaturas, ameaça de chuva, grandes performances e arquibancadas lotadas para prestigiar a nova geração de cavaleiros da América do Sul

Por Marina de Campos ON

O galope furioso dos cavalos levantando areia contrasta com a elegante paisagem de flores e arbustos que decora a pista, deixando o equilíbrio apenas para a face compenetrada dos cavaleiros e amazonas. Com a tensão e a responsabilidade de quem tem apenas uma chance de acertar, eles correm e saltam como se fizessem parte da musculatura do animal. Dizem que, para um perfeito resultado, é preciso que os batimentos do coração de homem e cavalo estejam em exata sincronia. Na tarde deste domingo, milhares de corações bateram no mesmo ritmo dos concorrentes, fazendo do encerramento do CSIO Mercosul da Juventude 2010 mais do que uma disputa: uma grande celebração ao hipismo.

Sede de uma das mais importantes competições de hipismo da América do Sul, Passo Fundo teve uma tarde de sol escaldante, céu azul lentamente tomado por nuvens, tempo nublado e a chegada de um vento de puro alívio para coroar a cerimônia de premiação dos vencedores, antes do início da noite. Com arquibancadas lotadas durante o dia, o Centro Hípico e Haras MD sediou ainda o show de encerramento do evento com a banda NX Zero, que também teve grande público. Durante os quatro dias de evento, cerca de 10 mil pessoas passaram pelo local, vindas de países como Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Peru.

Conheça alguns dos vencedores

– Categoria Young Rider

1º Lugar: Lucas Araújo (Brasil)
2º Lugar: Tiago Melo Vinhas (Brasil)
3º Lugar: Guilherme Fernandes (Brasil)

- Categoria Júnior

1º Lugar: Marcelo Chirico (Uruguai)
2º Lugar: Talison Soares (Brasil)
3º Lugar: Ana Paula Noronha (Brasil)
 

 
Disputas internacionais marcam último dia do CSIO Mercosul da Juventude
Internacionais
Seg, 20 de Dezembro de 2010 20:46

Disputas internacionais marcam último dia do CSIO Mercosul da Juventude

Por: Leandro Becker - Zero Hora

Foram conhecidos ontem (19) os vencedores individuais do Concurso de Saltos Internacional Oficial (CSIO) Mercosul da Juventude, em Passo Fundo, no norte do Estado. A competição, realizada no Centro Hípico e Haras MD, reuniu cerca de 120 conjuntos do Brasil, Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai.

Na categoria Mirim, o vencedor foi o brasileiro Fernando Chiarotto Penteado. Na Pré-Junior, a vitória ficou com o paraguaio Fabrizio Caffarena. Ainda ocorreram ontem as provas das categorias Junior, em que o vencedor foi o uruguaio Marcelo Chirico, e Jovem Cavaleiro (Young Rider), em que o brasileiro Lucas Araújo conquistou o primeiro lugar.

O evento foi promovido pelo Centro Hípico e Haras MD, com supervisão técnica da Federação Equestre Internacional, Confederação Brasileira de Hipismo e Federação Gaúcha dos Esportes Equestres.

 
PERNAMBUCANO PETRUS PEIXOTO FAZ HISTÓRIA E FICA ENTRE OS MELHORES DO MUNDO NA PROVA DE BALIZA
Internacionais
Qua, 10 de Novembro de 2010 12:18

PERNAMBUCANO PETRUS PEIXOTO FAZ HISTÓRIA E FICA ENTRE OS MELHORES DO MUNDO NA PROVA DE BALIZA

 

O brasileiro Petrus Peixoto fez história no AQHA World Championship Show  2010, equivalente ao Campeonato Mundial de Baliza, disputado na Arena Bank of America, em Oklahoma City, nos Estados Unidos, cuja grande final foi realizada na noite de segunda-feira (08 de novembro), terminando a disputa na 11ª colocação. Vale ressaltar que esta competição reuniu os maiores nomes deste esporte no cenário mundial e Peixoto foi o cavaleiro mais jovem da categoria senior a conseguir qualificação para a fase final, que reuniu 15 melhores competidores.

 

"Creio que este tenha sido um resultado a se comemorar, já que ficar entre os dez na grande final e no 11º lugar no tempo somado, na minha primeira participação no Mundial, foi maravilhoso. Esta classificação me dá ainda mais força para seguir trabalhando, pois ainda tem muita coisa a se corrigir, e representar o meu País, contra atletas consagrados mundialmente, e obter um resultado expressivo, me alegra bastante", relata Petrus, que montou o cavalo Lightning Sugar Trick e registrou o tempo de 20s992.

 

"O meu cavalo teve uma participação sensacional, correu muito bem e o seu desempenho foi fantástico. E isso me ajudou a conseguir um tempo muito bom nesta etapa decisiva", complementa Peixoto.

 

A competição foi dividida em três etapas: a inicial aconteceu durante o primeiro semestre, servindo de qualificação para a disputa final e dando a classificação aos cavaleiros que conseguiram ficar entre os cinco primeiros lugares nas etapas; a segunda já foi dentro do AQHA World Championship Show - 2010, reunindo os 30 cavaleiros e qualificando 15 para a grande final. A terceira e última foi a grande final, reunindo os 15 melhores competidores do mundo.

 

O brasileiro esteve presente nas três fases, sempre com bom rendimento e demonstrando crescimento. No primeiro semestre, Petrus conseguiu o quinto lugar em uma das etapas classificatórias; depois, na primeira eliminatória cravou o 15º tempo e se garantiu na decisão. Já na grande final, Peixoto alçou mais um degrau e ficou com o 10º tempo, terminando a competição, na somatória dos tempos, em 11º lugar.

 

Para o futuro, os próximos desafios de Petrus Peixoto, que é radicado em Recife (PE), serão sete competições regionais nos Estados Unidos e depois fechará o ano esportivo competindo no Brasil.

 

"Vou correr mais algumas provas menores aqui nos Estados Unidos e depois retorno ao Brasil para disputar competições grandes e tradicionais para fechar 2010. Para 2011, quero evoluir, chegando novamente ao Mundial e estando, primeiro, entre os 15, e depois lutar para me classificar entre os cinco primeiros colocados", finaliza Petrus Peixoto.

 

***** Acompanhe a passagem de Petrus Peixoto na fase final:

http://www.youtube.com/watch?v=Orq4PF1G73A

 

***** Acompanhe a passagem de Petrus Peixoto na fase de classificação: http://www.youtube.com/watch?v=i95lwuKV0J0

 
Brasil vence Copa das Nações de Enduro
Internacionais
Ter, 20 de Julho de 2010 08:20


Brasil vence Copa das Nações de Enduro

 Colaboração Rute Araujo e Carola May, Foto (por Paula Nascimento/Cedida)

No percurso de 120 km, a mineira Carolina Barbosa Monte cruzou a linha de chegada depois de 15h15mim14s, superando os 36 atletas de seis países

Principal atração do 3º Festival Internacional de Enduro Brasil 2010, realizado nos dias 16 e 17 de julho no Paradise Resort Golf Village, em Mogi das Cruzes (SP), a Copa das Nações foi o segundo CEIO YR – Concurso de Enduro Internacional Oficial Young Riders – realizado na América do Sul. Destinada a atletas entre 14 e 21 anos, a disputa contou com representantes da África do Sul, Argentina, Colômbia, França, Uruguai e Brasil.

Na pista, dos 36 atletas, 13 conseguiram finalizar o percurso de 120 km. Os outros foram sendo eliminados ao longo da trilha, prejudicada pela chuva constante.

A campeã Carolina Barbosa Monte e seu Puro Sangue Árabe Exceladin AS Sahara cruzaram a linha de chegada depois de 15h15min14s, desenvolvendo uma velocidade média de 19,19 km/h e também garantindo o prêmio “Best Condition”.

Repetindo o feito de 2009, faturou a faixa de vice-campeã a amazona argentina Manuela Basombrio montando WN Shambruk que completou o percurso em 15h24:41, apresentando velocidade média de 18,72 km/h.

Em 3º lugar cruzou a linha de chegada o endurista paulista Iuri Timoner montando Herdeiro Rach no tempo de 15h46:45 com velocidade média de 17,7 km/h.

Outros pódios

O 3º Festival Internacional de Enduro Brasil 2010 também promoveu outras duas provas no sábado, 17, destinados aos atletas adultos.

No CEI** - Concurso de Enduro Internacional, categoria duas estrelas, o percurso de 120 km levou para a trilha 15 atletas - inclusive João Raposo, representante de Portugal, e o respeitado cavaleiro uruguaio Pio Olascoaga - mas apenas 5 conseguiram cruzar a linha de chegada.

A vitória foi de Matheus Grande montando Be Winner que cruzou a linha de chegada depois de 15h46min46s desenvolvendo a velocidade média de 17,7 km/h.

Com a faixa de vice-campeão ficou Carlos Maia montando Lafitte MA com tempo final de 15h54min44s e velocidade média de 17,36 km/h. O 3º lugar do pódio ficou com Renato Salvador montando Frontera Endurance. O conjunto cruzou a linha de chegada em 16h03min22s, apresentando velocidade média de 17,01 km/h.

O Best Condition ficou com WN Pompéia que formou conjunto com Rafael Salvador, 5º colocado na Copa das Nações. Rafael é um dos enduristas que representará o Brasil nos Jogos Eqüestres Mundiais de Kentucky.

No CEI* - Concurso de Enduro Internacional, categoria uma estrela e percurso de 80 km a disputa foi emocionante e a diferença entre as duas primeiras colocadas de apenas três segundos. Levou a melhor a uruguaia Sofia Castells montando Lisboa Endurance que cruzou a linha de chegada em 13h20:22 e velocidade média de 19,97 km.

Apresentando a mesma velocidade média, mas três segundos atrás de Sofia, a vice-campeã foi brasileira Ana Flavia Montrucch montando FHJ Jyma que completou a prova em 13h20:25.

O 3º Festival Internacional de Enduro Brasil 2010, chancelado pela Federação Equestre Internacional (FEI), foi organizado pelo Instituto Enduro Brasil (IEB) em parceria com a Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) e Federação Paulista de Hipismo (FPH).

 
Na França, cavaleiro de Adestramento Marcelo Alexandre faz 2º e definitivo índice rumo a “Copa do Mundo” dos esportes equestres
Internacionais
Dom, 04 de Julho de 2010 16:51

Na França, cavaleiro de Adestramento Marcelo Alexandre faz 2º e definitivo índice rumo a “Copa do Mundo” dos esportes equestres

Colaboração Ruthe Araujo e Carola May

A emoção tomou conta do brasileiro Marcelo Alexandre da Silva nesta sexta-feira, 2 de julho, em Pompadour, na França. Cavaleiro de Adestramento - a mais clássica das modalidades do Hipismo - e em seu 4º Grand Prix montando Signo dos Pinhais, ele conquistou o 2º e definitivo índice que o coloca como candidato a ocupar uma vaga na inédita equipe de Adestramento que representará o Brasil nos Jogos Equestres Mundiais de Kentucky, Estados Unidos, em setembro.

No Grand Prix do CDI3* “Pompadour Dressage Horses Collection” a juíza canadense Cara Whitham avaliou em 64,681% o desempenho do brasileiro. O índice mínimo é de 64% em nota atribuída por juiz de nível olímpico. Se confirmado no time, Marcelo Alexandre será o único a montar um cavalo nascido no Brasil. O Puro Sangue Lusitano Signo dos Pinhais é de criação da Coudelaria Alegria dos Pinhais, de Itapetininga (SP), propriedade de Luiz Ermírio de Moraes.

Thaisa Tavares de Almeida montando o também Lusitano Riopele também buscava o 2º índice no Grand Prix do CDI3* de Pompadour, mas não conseguiu e segue em competições pela Europa.

A competição contou com participação de 35 competidores de 14 países.

A inédita Equipe de Adestramento no Mundial

Realizados a cada quatro anos e em  sua 6ª edição, os Jogos Equestres Mundiais serão realizados pela primeira vez fora da Europa. A competição, que estreou em Estocolmo, Suécia, em 1990, vai reunir este ano cerca de mil atletas de mais de 60 países competindo em oito diferentes modalidades.

O evento acontece entre 25 de setembro e 10 de outubro em Lexington, Kentucky, nos Estados Unidos, com público de 800 mil pessoas e transmissão para outras 500 milhões em todo o mundo, inclusive para o Brasil pelo Canal Rural.

O Brasil marca presença nos Jogos Equestres Mundiais desde 1990, mas pela primeira vez o País será representado com equipes em sete das oito modalidades. O Adestramento, que só teve uma única amazona nos Jogos de Jerez de La Frontera, Espanha, em 2002, chega aos Estados Unidos como equipe.

No Adestramento, já conquistaram dois ou mais índices os atletas olímpicos Luiza Tavares de Almeida e Rogério Silva Clementino que montam, respectivamente, Samba e Portugal, animais da raça Lusitana, a amazona mineira radicada na Europa Renata Costa Rabello montando o Sela Holandês Ludewig G e Marcelo Alexandre da Silva com o também Lusitano Signo dos Pinhais.

 

 

 
Em Cannes, França, atletas da equipe brasileira de Adestramento registram novos índices rumo aos Jogos Equestres Mundiais 2010
Internacionais
Dom, 13 de Junho de 2010 11:50

Em Cannes, França, atletas da equipe brasileira de Adestramento registram novos índices rumo aos Jogos Equestres Mundiais 2010

Colaboração Rute Araujo e Carola May

Ao lado das maiores estrelas mundiais do Adestramento - a mais clássica das modalidades do hipismo - Rogério Clementino montando Portugal e Luiza Tavares de Almeida com Samba estão representando a América do Sul no Exquis World Dressage Masters, CDI5* - Concurso de Dressage Internacional, categoria 5 estrelas, que segue até domingo, 13, em Cannes, França.

O Grand Prix realizado na quinta-feira, 10, contou com participação de 13 conjuntos de 8 países: Alemanha, Bélgica, Brasil, Dinamarca, Gran Bretanha, Itália, Polônia e Portugal.

Montando o Puro Sangue Lusitano Portugal, Rogério Clementino  conquistou dois novos índices (mínimo de 64%) atribuídos pelos juizes de nível olímpico:  64,042% com a belga Mariette Whithages e 64,680% com o francês Jean Michael Roudier. O cavaleiro sul-matrogrossense que monta por São Paulo foi 12º colocado com média final de 63,319%.

A amazona paulista Luiza Tavares de Almeida e seu também Lusitano Samba registrou mais um índice (64,255%), em nota atribuída por Jean Michael Roudier e o 13º lugar com média final de 63,063%.

Técnico da equipe brasileira de Adestramento nas Olimpíadas de Pequim e nos próximos Jogos Equestres Mundiais de Kentucky, Estados Unidos, o belga Johan Zagers montando Question De Liberte ficou em 10º lugar com média final de 64,000%.

A Alemanha confirmou o favoritismo e assegurou os três primeiros lugares do pódio com vitória da amazona campeã mundial Isabel Werth montando Warum Nicht e média final de 71,489%, seguida de Anja Plönzke com Le mont DOR (71,446%) e Mathias Alexander montando Triviant UNICEF (69,914%).

Estiveram na pista os também olímpicos Anne van Olst montando Clearwater, da Dinamarca, Dane Rawlins, da Gran Bretanha, Jeroen Devroe com Apollo van het Vijverhof e Stefan van Ingelgem montando Whitney van het Genthof pela Bélgica, Valentina Truppa com Eremo del Castegno defendendo a Itália e Michal Rapcewicz montando Randon pela Polônia.
 

 
Equipe de jovens enduristas brasileiros fatura medalha de Prata na França
Internacionais
Ter, 01 de Junho de 2010 21:31

Equipe de jovens enduristas brasileiros fatura medalha de Prata na França

Colaborção Rute Araujo e Carola May


O domingo, 30 de maio, foi prateado para a Equipe brasileira de Enduro de Young Riders na tradicional Copa das Nações Juniors &Young Riders (CEIOYR**) de Compiègne, na França, país dono da medalha de ouro na competição. O time foi formado por Camila Llerena, Fernando Velzi, Laura Borges e Rafaela Barreto. Na disputa individual o Brasil foi representado por Carolina Barbosa.

“Só têm direito a disputa de medalha as equipes em que todos os membros finalizam a prova. França e Brasil foram os únicos a conquistar este feito, portanto, ninguém levou o bronze”, comentou Guilherme Ferreira Santos, técnico da equipe.

A Copa das Nações fez parte do Festival Mundial de Enduro de Compiègne, considerada uma das mais importantes disputas de Enduro Equestre no mundo.

No percurso de 127 km do CEIOYR** participaram 43 atletas de 5 países: Alemanha, Bélgica, França, Itália e Brasil.

“Este é o quarto ano que o Brasil participa desta competição e pela primeira vez conquistamos um resultado tão expressivo”, comemorou Guilherme Santos.

Os atletas brasileiros competiram com animais emprestados pelos franceses: “Isto faz parte do intercâmbio que temos com eles. Na Copa das Nações que o Brasil promove no próximo mês de julho, será a vez dos brasileiros cederam montarias para os franceses”, esclarece.

“Até a primeira metade da prova todos os países vinham em um mesmo ritmo, a definição só se deu na metade final da prova, onde a evolução técnica foi fator decisivo”, observa Guilherme.

“A notória evolução técnica dos enduristas de Young Riders é resultado das clínicas que vem sendo promovidas ao longo dos ultimos anos pela Confederação Brasileira de Hipismo. Nestas clínicas, além da atualização dos jovens enduristas e consequente desenvolvimento da categoria, temos a oportunidade de identificar novos talentos”, comentou.

Desempenho brasileiro

Dos 4 jovens enduristas da equipe, o melhor desempenho foi de Rafaela Barreto, de Brasília (DF) que montando Orrha de Gargasan cruzou a linha de chegada na 10ª posição. Rafaela, que fez parte da equipe brasileira 5ª colocada no Campeonato Mundial da categoria em 2009, na Hungria, percorreu 22,95 Km/h na fase final do percurso com média final de 19,59 Km/h.

Fernando Velzi, de Bertioga (SP) foi o segundo a cruzar a linha de chegada entre os brasileiros, ocupando a 17ª colocação. Montando Melba de Loubejac, o cavaleiro paulista apresentou média de 19,40 Km/h e na fase final da trilha 22,73 Km/h.

Em seguida cruzou a linha de chegada em 19º lugar Camila Llerena montando Dakarina. A amazona do Rio de Janeiro que também integrou o time brasileiro no Mundial da Hungria registrou média de 19,01 km/h.

Montando Armistice Du Vivarais, Laura Costa Borges, de Brasília (DF) chegou na 27ª colocação com velocidade média de 17,83 Km/h.

Depois de representar o Brasil na Hungria, a mineira Carolina Barbosa, competindo pela medalha individual e montando Mont Royal não completou o percurso, sendo eliminada na segunda fase da prova.

Na adultos, Rafael Salvador terminou mas não levou

Rafael Salvador montando a égua Misaine Armor foi o único brasileiro no CEIO3*, categoria Adulto, realizado na sexta-feira, 28, com percurso de 160km. O cavaleiro brasiliense conseguiu completar a prova, mas no trote final sua montaria apresentou claudicação e o conjunto foi eliminado.

 
O dono da festa no One Dressage Cup 2010
Internacionais
Ter, 04 de Maio de 2010 18:16

O dono da festa no One Dressage Cup 2010

Colaboração Rute Araujo e Carola May

Rogerio Clementino voltou a brilhar no Concurso de Dressage Internacional (CDI3*) ao vencer as cinco provas da competição; também foi o único atleta a registrar índice para os Jogos Equestres Mundiais

A competição realizada entre 30 de abril e 2 de maio na Sociedade Hípica Paulista, em São Paulo, foi palco entre 30 de abril e 2 de maio da terceira e penúltima seletiva de Adestramento para o Mundial que acontece em setembro em Lexington, Kentucky, Estados Unidos. O One Dressage Cup 2010 contou com a presença de dois juizes de nível olímpico: Ghislain Fouarge, da Holanda e Evi Eisenhardt, da Alemanha.

Montando Portugal, Rogério venceu as duas provas do Grand Prix: na seletiva realizada na sexta-feira, 30 de abril, o conjunto fez média final de 64,170% e foi o único a registrar o índice (mínimo de 64% com juiz de nível olímpico) ao obter a nota de 64,468% atribuída por Evi Eisenhardt, da Alemanha. Voltou a vencer no Freestyle Grand Prix, no domingo, 2 de maio, com média final de 70,250% e parciais de 68,500% (Eisenhardt) e 70,250% (Fouarge).

Montando Sargento do Top o cavaleiro olímpico venceu três provas: o Prix St. George com média final de 67,421%, o Freestyle St. George com média final de 71,500% e parciais de 73,000% (Eisenhardt) e 72,250% (Fouarge) e a Intermediária I, única prova internacional do sábado, 1º de maio, com média final de 67,579%.

O CDI3*One Dressage Cup 2010 contou com a chancela da Federação Equestre Internacional (FEI) e organização conjunta da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH), Federação Paulista de Hipismo (FPH) e Sociedade Hípica Paulista (SHP).

 
Cavaleiro brasileiro faz bonito na Inglaterra
Internacionais
Sáb, 24 de Abril de 2010 10:43

Cavaleiro brasileiro faz bonito na Inglaterra

Integrante da equipe brasileira de Concurso Completo de Equitação (CCE) nos Jogos Equestres Mundiais de Roma, em 1998, o cavaleiro paulista Márcio Carvalho Jorge fez bonito no ultimo final de semana no tradicional concurso de  “Belton Park Horse Trials”, em Grantham, Inglaterra, berço mundial da modalidade.

Márcio Jorge e a égua Puro Sangue Inglês Orchidea - conjunto que busca vaga na equipe que representará o Brasil no Mundial de Kentucky 2010 - terminou sua participação no sábado, 17, em 5º lugar no cômputo geral da categoria “Open Intermediate”, seção “M”, apenas 4,6 pontos perdidos atrás da campeã.

O evento reuniu mais de 1100 conjuntos da Inglaterra, EUA, Alemanha, Itália, Nova Zelândia e Brasil.

No Cross, a prova mais importante do CCE, entraram em pista 267 conjuntos, apenas Márcio Jorge finalizou o percurso sem excesso de tempo ou falta..

Treinando exclusivamente no Brasil  com o técnico britânico Nick Turner, contratado pela Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) para formação das equipes que representarão o Brasil nos próximos desafios internacionais, Márcio Jorge competiu ao lado dos maiores ícones do esporte como Mark Todd, Pipa Funnell, Matt Ryan, Zara Phillips, Mary King
 

 
Os destaques da Final da Copa do Mundo de Adestramento
Internacionais
Ter, 30 de Março de 2010 20:48

Os destaques da Final da Copa do Mundo de Adestramento

Colaboração Rute Araujo e Carola May

Holandeses dominam Final da Copa do Mundo de Adestramento com sensacional vitória de Edward Gal montando Moorlands Totila e brasileira Luiza Almeida e seu Samba encantaram o público


Fazendo jus a sua fama e excelente fase, o holandês Edward Gal com super garanhão Moorlands Totilas conquistou na tarde de sábado, 27 de março, seu primeiro título de campeão da Final da Copa do Mundo de Adestramento – modalidade do hipismo - realizado no Indoor Brabant, na cidade de s'Hertogenbosch, Holanda.

O garanhão sela holandês Moorlands Totilas, filho de Gribaldi, recordista de notas no Freestyle e considerado a sensação da temporada, foi o grande favorito ao longo das qualificativas rumo à grande Final.

Gal e seu Moorlands Totilas - que haviam "amargado" a 2ª colocação no Grand Prix da quinta-feira, 24/3 - não deram chances aos adversários no Freestyle Grand Prix arrematando o espetacular índice de 89,800% de aproveitamento.

"Sei que o cavalo é especial e merece ganhar, mas na quinta-feira fiquei triste e surpreendido por ele ter ficado tão tenso, pois normalmente não é assim. Totilas tem imensa força e por vezes pode utilizá-la contra nós. No Freestyele, o cavalo colaborou comigo e estou realmente muito, muito satisfeito", comemorou o campeão Edward Gal.

Novamente pelas cores da Holanda,  Adelinde Cornelissen com o sela holandês Jerich Parzival, vencedora no Grand Prix na quinta-feira em 24/3, conquistou a 2ª colocação no Freestyle com 82,850% - sagrando-se vice-campeã na classificação final. 

Em mais um grande resultado para os donos da casa, a holandesa Imke Schellekens-Bartels com sua égua hanoveriana Hunter Douglas Sunrise, filha do garanhão Brasileiro de Hipismo Singular Joter – animal de criação do empresário Jorge Gerdau Johannpeter -, conjunto vice-campeão da Copa do Mundo em 2007, conquistou o 3º posto com 82,150%. 

Luiza e Samba também fizeram história

Montando o Puro Sangue Lusitano Samba, a brasileira Luiza Tavares de Almeida, de apenas 18 anos, estreou na competição. Luiza e Samba terminaram na 15ª colocação tanto no Grand Prix, com 60,638%, como no Freestyle Grand Prix, 61,550%.

Ainda assim, o público de 8 mil pessoas aplaudiu a amazona paulista com seu Samba reconhecendo todo o mérito do conjunto. Depois de ter entrado para a história como a mais jovem amazona a disputar uma Olimpíada, em Pequim 2008, aos 16 anos, a jovem brasileira bateu mais um recorde ao se tornar a primeira sul-americana a disputar a final da Copa do Mundo entre os 15 melhores cavaleiros do mundo.

"Tinham comentado que a torcida holandesa é muito festiva. Fui bastante aplaudida, ficaram de pé. Foi uma comemoração muito grande, fiquei feliz. Estar entre os 15 melhores do mundo é demais”, contou Luiza.

“Foi a nossa primeira prova indoor. No primeiro dia ele estava bem nervoso com a platéia. No Freestyle ele entrou mais calmo, mas no meio da coreografia ele assustou e acabou me prejudicando um pouco”, comentou a brasileira.  “Na Olimpíada nós dois éramos os mais novos. Ele é especial”, acrescentou Luiza, que também foi a mais jovem amazona nessa Final de Copa do Mundo.

Classificação geral da 25ª Final da Copa do Mundo de Adestramento

Campeão - Moorlands Totilas / Edward Gal -  HOL - 89.80%
Vice - Jerich Parzival / Adelinde Cornelissen - HOL - 82.85%
3º) Hunter Douglas Sunrise / Imke Schellekens-Bartels - HOL - 82.15%
4º) Warum Nicht / Isabell Werth - ALE - 79.75%
5º) Watermill Scandic / Patrik Kittel - SUE - 76.55%
6º) Digby / Nathalie Zu Syan-Wittgenstein - DIN - 75.15%
7º) Le Bo / Carola Koppelmann -  ALE -  73.25%
8º) Triviant-Unicef / Matthias Alexander Rath - ALE - 72.05%
9º) ApolloVan Het Vijverhof / Jeroen Devroe - BEL - 71.85%
10º) Victory Salute / Brett Parbery -  AUT - 70.55%
11º) Edwador / Katarzyna Milczarek - POL - 68.90%
12º) Favourit / Tinne Vilhelmson-Silfven - SUE - 68.25%
13º) Randon / Michal Rapcewicz -  POL -  67.10%
14º)Cointreau / Peter Gmoser -  AUT - 66.45%
15º) Samba / Luiza Almeida - BRA 0 61.55%

 
De novatos a veteranos, atletas do Adestramento retornam às pistas e são avaliados por juíza top mundial
Internacionais
Qui, 18 de Março de 2010 21:03

Sob olhar de juizes olímpicos

De novatos a veteranos, atletas do Adestramento retornam às pistas e são avaliados por juíza top mundial.

Colaboração Rute Araujo e Carola May

Realizado paralelamente ao Concurso de Dressage Internacional (CDI3*) entre 12 e 14 de março no Clube Hípico de Santo Amaro, em São Paulo (SP), o Concurso de Adestramento Nacional (CAN) contou com participação de amazonas e cavaleiros de diferentes categorias nas séries Pôneis, Elementar, Preliminar, Média I, Média II e Forte I, além de Cavalos Novos de 4 e 5 anos.

Revelando campeões diários, algumas provas foram julgadas pelas duas juizas de nível olímpico representantes da Federação Equestre Internacional (FEI), entre elas a top Katrina Wuest, da Alemanha.

Campeões da sexta-feira, 12

No primeiro dia de competição, cinco séries revelaram seus campeões.

Nas provas para Cavalos Novos o destaque foi o cavaleiro Cristiano Augusto que venceu na série animais de 4 anos montando Brentina Comando SN (7,1 pontos) e na série 5 anos com Afago da Raposa (6,8 pontos).

“Vi alguns cavalos muito bons, em especial com galopes muitos bons. No trote seria desejável ver um pouco mais de cadência natural, isso facilitaria as coisas para os cavaleiros. Estes animais são muito generosos, passam uma impressão de descomplicados e tem um caráter muito bom”, comentou Katrina Wuest sobre os cavalos novos, todos Lusitanos.

“Na Europa está difícil acompanhar a qualidade da criação holandesa, portando, isso vale também para Alemanha. Então para os Lusitanos, principalmente o quesito do trabalho ao trote, as coisas não seriam fáceis, mas no galope todos têm qualidade suficiente como também no passo”, comparou Katrina Wuest.

Na série Preliminar a disputa foi dividida em duas categorias: na Amador a vitória foi de Luciana Sarkozy montando Baly Itapuã (média final de 58,642%), enquanto na Profissional o cavaleiro olímpico Rogerio Silva Clementino levou para debutar em pista Zephiro da Raposa, conjunto que apresentou a excelente média final de 65,062%.

Na Média I, a campeã da categoria Amador foi Susi Padilla montando Kanddahar (58,952%), e na Profissional a amazona Annette Ferrareto com Zangão da Raposa (64,952%).

Na Média II, categoria Amador, o campeão foi Manuel Tavares de Almeida Neto montando Viheste ((62,500%), enquanto o título da categoria Profissional ficou com Mauro Pereira Junior montando Xamballum Comando SN (64,167%).

Na série Forte I, disputada apenas pela categoria Profissional, mais uma vitória de Annette Ferrareto desta vez montando Forest Xeique do Bosque (65,500%).

Campeões do sábado, 13

O dia foi reservado para as séries Cavalos Novos 5 anos, Forte I nas categorias Jovem Cavaleiro e Profissional, atletas das categorias Amador e Profissional das séries Média I e II, além dos Mirins da Preliminar.

Vários pódios da sexta-feira se repetiram e uma das atrações foi a estréia do cavalo olímpico Nilo VO, consagrado sob comando de Rogério Clementino, como montaria de seu pupilo Antonio Victor Marcari Oliva.

Entre os que ocuparam o mesmo lugar no pódio estavam: Cristiano Augusto/ Brentina Comando SN na série CN 4 anos (7,0 pontos); na série Preliminar, categoria Amador, Luciana Sarkozy/Baly Itapuã (57,3714%), e Rogerio Clementino/Zephiro da Raposa (64,444%) na Profissional; na Média I, Susi Padilla/Kanddahar (60,196%) na Amador e Annette Ferrareto/Zangão da Raposa (59,510%) na Profissional; na Média II, Manuel Tavares de Almeida Neto/Viheste (66,204%) na Amador, e na série Forte I, Annette Ferrareto/Forest Xeique do Bosque (64,390%) na categoria Profissional.

O dia revelou outros campeões. Na série Cavalos Novos 5 anos venceu Mauro Pereira Junior com Aspargo Comando SN (7,0 pontos). Na preliminar Mirim, Antonio Victor Marcari Oliva ficou com os dois primeiros lugares montando, respectivamente, Principal do Retiro (68,551%) e Nilo VO (67,971%). Na Média II, categoria Junior, a campeã foi Bianca Nayara Silva com Xamã II dos Filhos do Vento (63,627%) e na Profissional Marcelo Alexandre montando Xamã dos Pinhais (65,833%), enquanto na Forte I, categoria Jovem Cavaleiro, a campeã foi Victoria Riskalla com Large Times (61,579%).

Campeões do domingo, 14

A garotada dos Pôneis foi o diferencial do CAN na manhã de domingo, com direito a muita torcida. A categoria foi instituída no final de 2009 como incentivo a modalidade Adestramento.

Os pequenos atletas tiveram um único dia de competição e fizeram a festa com Coca Cola, o cavalinho que serviu de montaria para a campeã Tassia Odebrecht (80,000%) e os dois vices: Martin Smith de Oliveira Martins e Vitoria Heleonora M. Carvalho (78,000%).

Estreando na Média II, categoria Junior, João Victor Marcari Oliva superou o resultado do dia anterior, quando foi vice e 3º colocado, ocupando os dois primeiros lugares do pódio montando, respectivamente, Trunfo (65,856%) e Zodiac dos Diamantes (62,703%).

Já seu irmão caçula, Antonio Victor, repetiu o resultado do sábado vencendo na série Preliminar Mirim com Principal do Retiro (67,701%) e sendo vice com Nilo VO (63,333%).

Na Forte I, categoria Jovem Cavaleiro, Victoria Riskalla montando Large Times voltou a vencer, melhorando sua média final (64,000%) em relação ao dia anterior.

Katrina Wuest julgou a garotada no domingo e ficou impressionada com o nível da criançada:  “Vi alguns talentos realmente bons. Também reparei que há meninos no esporte, ao contrário da Alemanha onde temos dez meninas para cada menino. Aqui os meninos montam com afinco e talento e isso é sensacional, faz muito bem ao esporte”, comentou.

A juíza top mundial também se encantou pelos cavalos Lusitanos: “Eu os acho muito apropriados não só para as crianças, mas para os cavaleiros das principais provas, aliás, sugiro que eles explorem mais a reunião natural destes animais”.
 

 
Na Europa, a amazona de Adestramento Renata Rabello Costa conquista o 4º índice rumo aos Jogos Equestres Mundiais 2010
Internacionais
Ter, 16 de Março de 2010 21:47

Na Europa, a amazona de Adestramento Renata Rabello Costa conquista o 4º índice rumo aos Jogos Equestres Mundiais 2010

Colaboração Rute Araujo e Carola May

Nos dois últimos finais de semana, entre 2 e 7 e 9 e 14 de março, a amazona mineira radicada na Europa, Renata Rabello Costa deu mais um importante passo para a conquista de uma vaga na equipe de Adestramento – modalidade do hipismo – que representará o Brasil nos Jogos Equestres Mundiais 2010 em Kentucky, Estados Unidos.

Competindo no Sunshine Tour 2010 em Vejer de la Frontera, sul da Espanha, em 5 de março, Renata montando Ludewig G registrou o 3º índice (mínimo de 64% de aproveitamento junto a juizes de nível olímpico) rumo ao Mundial. O conjunto alcançou 64,043% na avaliação da juíza Isabelle Judet, da França, e 64,681% junto ao holandês Francis Verbeek. Os dois primeiros índices obrigatórios foram conquistados na temporada 2009.

Na sexta-feira, 12 de março, Renata e Ludewig G voltaram a registrar o índice de qualificação - 64,468% junto ao juiz polonês Wojciech Markowski.  

Renata ao lado de Luiza Tavares de Almeida com o Lusitano Samba e Rogério Clementino com os cavalos Lusitanos Nilo VO e Portugal - seus companheiros de equipe medalha de Bronze no Pan RIO 2007 - até o momento formam o time de três pré-qualificados para o Mundial 2010. Outros dois conjuntos - Leandro Aparecido Silva montando Oceano do Top e Thaisa Tavares de Almeida com Riopele - ainda buscam o 2º índice de qualificação.

Outras três seletivas serão realizadas no Brasil entre abril e final de maio, quando a Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) anunciará a formação do time.

**

Foto (Divulgação)

Renata Rabello Costa montando Ludewig G: Bronze por equipe no Pan do Rio e pré-qualificada
para representar o Brasil nos Jogos Equestres Mundiais de 2010

 
« InícioAnterior11121314151617PróximoFim »

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL
Banner
Banner
 
Banner
Haras Itapuã

  

Criador do cavalo Brasileiro de Hipismo (BH) e Andaluz Brasileiro (AB)

Read more text
Qual é a sua idade?
 
Qual é o seu sexo?
 
O que você pratica?
 
Você e seu cavalo saltam que altura?
 
O que falta para o hipismo no Brasil?
 
No Brasil se pratica Hipismo com segurança?
 
home search Google+