Clube do Hipismo
criado em 3/3/2007
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner


Contato





2646496
Today643
Yesterday2458
This week5580
This month28862

Top do Brasil Yuri Mansur com Babylotte emplaca em 6º em GP5* na Alemanha
Internacionais

A vitória foi do campeão olímpico suíço Steve Guerdat. O último compromisso na temporada 2017 de Yuri Mansur, atual 3º melhor...

brasileiro no ranking mundial, é o Internacional de Madrid entre 22 e 25/11. Já em 2018 o foco principal é a conquista de uma vaga no Mundial 2018. 

Fechando o 33º Concurso de Salto Internacional - CSI-W5* Stuttgart German Masters na Alemanha nesse domingo, 19/11, o cavaleiro top brasileiro Yuri Mansur com Babylotte comemorou um importante 6º lugar no GP World Qualifier Cup, a 1.60 metro, com cerca de 182 mil euros em premiação, incluindo um Mercedes-Benz GLE 350 para o vencedor.

Sagrou-se campeão olímpico 2012 o suíço Steve Guerdat que montando Hannah zerou o desempate, em 48s19. Dos 42 conjuntos a postos no GP na arena indoor de Stuttgart, 16 habilitaram-se ao desempate. Na 2ª e 3ª posição aparecem os tops olímpicos da Alemanha, respectivamente, Phillip Weishaupt com Asathir, sem faltas, 48s76, e Christian Ahlmann com Epleasuer van´t Heike, pista limpa, 49s13.

O 4º posto ficou a alemã Simone Blum com DSP Alice, seguida pelo espanhol Eduardo Alvarez Aznar com Rokfeller de Pleville Bois Mar, ambos sem faltas, em 50s14 e 50s22. Também na casa dos 50 segundos, 50s96, Yuri e Babylotte cruzaram a linha de chegada sem faltas perante a arena indoor lotada em Stuttgart.

"Em princípio parecia que teriamos poucos conjuntos no desempate e acabou ficando um pouco difícil ver a melhor estratégia. Tentei ir o mais rápido possível dentro de uma margem de segurança. Esse foi o 6º GP5* que a Babylotte se classifica entre os seis primeiros e ainda fizemos uma boa pontuação para a Copa do Mundo. Então eu estou muito feliz!", destacou Yuri. "Também fui bem no GP de sábado com Inferno que eu bobiei e fique com 1 ponto de excesso e Babylotte também já esteve em um ponto muito bom no warm up do GP na quinta e nesse domingo deu tudo certo."

Com Babylotte, uma sela holandesa de 11 anos filha de Dollar du Murier em Concorde, Yuri teve as seguintes classificações em GPs5* (grau de dificuldade máximo) ao longo da temporada 2017: campeão em Hickstead, 4º em Hamburgo, na Alemanha, e Valence, França, 6º em Valkenswaard, Holanda, 5º em Ascona e, finalmente, 6ª em Stuttgart, Alemanha. Yuri e Babylotte também integraram a equipe do Brasil que conquistou inédito ouro no CSIO5* de Hickstead.

Yuri agora só tem mais um compromisso na temporada 2017: essa semana, entre 22 e 25/11, no CSI-W 5* de Madrid. O brasileiro, integrante do Time Brasil nos Jogos Equestres Mundiais 2014, de 37 anos, está com sua base e competindo na Europa há cerca de três anos. Atualmente Yuri é 3º melhor brasileiro no Ranking Longines da Federação Equestre Internacional na 49ª posição (eventos atualizados até 31/10). Pedro Veniss que também esteve a postos em Stuttgart e foi vencedor da prova a 1.55 metro e 2º na prova de velocidade a 1.45 no sábado, 18/11, ocupa o 34º posto e Marlon Zanotelli, o 47º.

Em 2018, o desafio maior do hipismo brasileiro e mundial em todas as modalidades da Federação Equestre Internacional são os Jogos Equestres Mundiais que acontecem entre 11 e 23 de setembro, no Tryon International Equestrian Center, Carolina Norte (EUA).

 
Banner

Boas Festas

Banner
Paz, saúde e sucesso
 
Banner
Haras Itapuã

  

Criador do cavalo Brasileiro de Hipismo (BH) e Andaluz Brasileiro (AB)

Read more text
Qual é a sua idade?
 
Qual é o seu sexo?
 
O que você pratica?
 
Você e seu cavalo saltam que altura?
 
O que falta para o hipismo no Brasil?
 
No Brasil se pratica Hipismo com segurança?
 
home search Google+