Clube do Hipismo
criado em 3/3/2007
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner


Contato





2733320
Today103
Yesterday2294
This week10868
This month42934

Nutrição de Cavalos TOP
Dicas Veterinárias
Ter, 21 de Setembro de 2010 21:01

Nutrição de Cavalos TOP - by- Dr. Marcelo Silva

Colaboração SKS Promoções – Silvia Milani

A alimentação dos cavalos atletas de alta performance é muito importante para o sucesso nas competições. Esses cavalos tem maiores exigências nutricionais e precisam ingerir maior quantidade de proteínas, minerais, vitaminas, eletrólitos e, principalmente, maior quantidade de extratos vegetais, na forma de óleos extraídos mecanicamente.

Os cavalos atletas são submetidos a cargas variáveis de “stress”. Os animais mais sensíveis sofrem mais com a agitação do ambiente dos centros de treinamento, com a própria rotina dos treinamentos e até mesmo com as viagens necessárias para levá-los até os locais de competições.

Quando se fala de uma viagem com um grande trecho aéreo, como por exemplo, da Europa para o Brasil, os cuidados devem ser redobrados para evitar a ocorrência de problemas.

Quando os animais desembarcar no local da competição, a ingestão de água é muito importante e fundamental. Muitas vezes a água do local tem gosto diferente e os animais podem se recusar a tomar ou diminuir o consumo. Uma maneira de minimizar esse efeito é a utilização de palatabilizantes para a água. Além disso, durante o período de trânsito os cavalos se alimentam pouco, de forma que se deve fazer uma reintrodução gradual dos alimentos. Inicialmente deve-se fornecer capim fresco ou preferencialmente feno, em quantidades moderadas.

Todo capim ingerido pelos eqüinos, que são herbívoros por natureza, é fermentado pela flora intestinal com objetivo de disponibilizar nutrientes. Porém, alguns capins são mais fermentáveis que outros. Se o cavalo está acostumado a comer um feno de qualidade regular de baixa digestibilidade e quando chega ao local do evento recebe feno excelente de alta digestibilidade, há uma grande chance de manifestar sintomas de cólica. Isto acontece porque o feno de alta digestibilidade também gera alta fermentação, sendo necessária fazer uma adaptação para não ocorrer problemas. Se possível deve-se levar sempre um pouco de feno para os eventos.

Em relação à ração, o Brasil conta hoje com produtos de alta tecnologia. Alguns conceitos compartilhados com os alimentos produzidos na Europa como a Nutrição por Sistemas, o uso de aditivos para otimização da performance de cavalos atletas, que praticam esportes seja de resistência, Explosão ou Misto e a disponibilidade da fibra oriunda da Polpa de Beterraba, que atua pela liberação gradual de energia são realidades disponíveis no país.

Uma vez que a qualidade e disponibilidade de energia dos volumosos (Capim, Feno) produzidos na Europa são superiores aos produzidos no Brasil, as rações brasileiras devem conter maior inclusão de óleo vegetal.

É importante lembrar que uma estratégia nutricional para qualquer cavalo deve ser baseada nos alimentos volumosos ou verdes, somando-se a ração como um complemento. Quanto maior a proteína e energia proveniente do capim, melhor para se adotar uma ração ideal, super Premium, oferecida em pequena quantidade, contendo nutrientes essenciais e aditivos importantes para o sucesso nas competições.

Existem três fatores importantes e determinantes do sucesso: NUTRIÇÃO, TREINAMENTO e GENÉTICA. Muitas vezes a dedicação de cavalo e cavaleiro suplanta alguns desses fatores, mas a nutrição sem dúvida nenhuma pode ser um caminho mais curto até o pódio.

Dr. Marcelo de Sousa e Silva
Gerente de Produto - Eqüino
 

 
Banner
Banner
 
Banner
Como anunciar seu cavalo

Divulgue seu cavalo a venda aqui é grátis

Read more text
Qual é a sua idade?
 
Qual é o seu sexo?
 
O que você pratica?
 
Você e seu cavalo saltam que altura?
 
O que falta para o hipismo no Brasil?
 
No Brasil se pratica Hipismo com segurança?
 
home search Google+