Clube do Hipismo
criado em 3/3/2007
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
3149405
Today218
Yesterday279
This week1242
This month6132

Cuidados com as infecções nos cascos de cavalos
Provas, Resultados, News, ... - Dicas Veterinárias
Sex, 09 de Fevereiro de 2018 10:04

É amigo, os cuidados com os cascos de cavalos é um assunto que está mais que presente na rotina de haras, fazendas, clínicas e hospitais veterinários.

Cuidados com as infecções nos cascos de cavalos, como manter?

Boa pergunta não é mesmo?

Você saberia quais medidas adotar para manter longe os empecilhos na criação de equinos?

Fonte: Portal Escola do Cavalo

São tantas perguntas e poucas respostas que ficamos loucos quando decidimos criar um animal sem saber ao menos se vamos dar conta.


Então vamos lá! Continue com a gente que esse artigo tem muito conteúdo e dicas legais para você.


Infecções nos cascos de cavalos

Rotineiras e problemáticas as infecções nos cascos de cavalos são consideradas até normais nos atendimentos veterinários, mas não negligencie esse normal, essas podem apresentar diversos graus de evolução e prejudicar seriamente o sistema locomotor do animal.


Num primeiro momento, você sabe o que pode causar infecções nos cascos de cavalos?


Os cascos, principalmente dos cavalos atletas, são a parte do corpo que mais sofrem desgastes em virtude das atividades de alto impacto que exercem, sem falar no contato com locais inadequados, que ofereçem muitas vezes riscos e são responsáveis por desencadear diversos problemas.


Variados são os meios de infecção diagnosticados por profissionais, mas podemos destacar alguns como os mais comuns na rotina do dia a dia em atendimentos.


Infecção por objetos perfurante

Situação comum de ser presenciada, principalmente quando o animal é criado em locais irregulares.


As perfurações podem ser ocasionadas por pedras pontiagudas, pregos, cacos de vidros e até mesmo pedaços de madeira.


Esses objetos considerados minúsculos quando descartados de forma indevida podem causar sérios danos, fazendo com que uma simples ferida se transforme em um transtorno tanto para o animal quanto para o dono.


Infecção através de rachaduras

Outro fator associado a irregularidade do local é a rachadura.


Esse problema é desencadeado pelo fato de que os cascos comportam o peso de todo o organismo do animal, então merecem manutenção rotineira e uso constante de ferraduras para se evitar as rachaduras e consequentemente as infiltrações que podem acabar gerando infecções com a presença de pus.


Infecção por sapinho

 Muito comum em cavalos criados em ambientes mais alagados (úmidos), o sapinho está relacionado ao excesso de umidade presente no casco.


Esse tipo de infecção é causado por bactérias presentes nesses ambientes, proporcionando deterioramento do casco, além de cheiro forte e ruim.


Técnicas de prevenção

A higienização dos ambientes para evitar a proliferação de bactérias, correção dos locais como estábulos e baias onde os animais passam a maior parte do tempo, ferração adequada dos cascos e monitoramento rotineiros, limpeza e cuidados com os objetos presentes onde os animais tem maior acesso, são técnicas essenciais para garantir que casos como os citados acima não aconteçam.

Acesse a reportagem original aqui...

 
Banner
Banner
 
Banner
Banner
Haras Itapuã

  

Criador do cavalo Brasileiro de Hipismo (BH) e Andaluz Brasileiro (AB)

Read more text
Qual é a sua idade?
 
Qual é o seu sexo?
 
O que você pratica?
 
Você e seu cavalo saltam que altura?
 
O que falta para o hipismo no Brasil?
 
No Brasil se pratica Hipismo com segurança?
 
home search Google+