Clube do Hipismo
criado em 3/3/2007
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner


Contato





2592204
Today19
Yesterday1925
This week19
This month38396

Confirmação de caso de Mormo na Fronteira Oeste gaúcha preocupa Médicos Veterinários
Dicas Veterinárias

A confirmação do primeiro caso de Mormo na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul preocupa o Sindicato dos Médicos Veterinários no Estado do Rio Grande do Sul (Simvet/RS). A doença é altamente contagiosa e pode também atingir...

 os humanos, já que se trata de uma zoonose. A enfermidade foi descoberta em uma égua, na localidade de Pedreiras, em Alegrete (RS). A confirmação ocorreu no sábado, dia 19 de setembro, após um exame de maleína para detectar a presença da doença em equino.

 

A presidente do Simvet/RS, Angelica Zollin, afirma que além dos prejuízos que o mormo acarreta, existe a possibilidade de mais animais virem a apresentar sintomas da doença, embora não obrigatoriamente isso aconteça. Segundo a dirigente, de acordo com informações da regional de Alegrete da Secretaria de Agricultura e Pecuária do Estado, nenhum outro cavalo tem suspeita de mormo na região. “Não existe ainda uma posição se outros animais serão testados”, observa Angelica.

 

O Mormo é uma doença infecciosa com sintomatologia respiratória e que não tem tratamento. Conforme Angélica, mesmo que um primeiro exame tenha dado negativo, é preciso fazer um segundo exame confirmatório. O animal infectado precisa ser sacrificado porque a doença pode atingir todos os equinos que tem na propriedade.

 

A transmissão ocorre através do contato com material infectante, como as secreções do animal, comedouros e bebedouros, além de outros equipamentos como, por exemplo, o fômites. “É uma doença muito perigosa que tem que ter muito cuidado e estamos aguardando qual será a postura da Secretaria de Agricultura referente aos demais animais da propriedade”, salienta a presidente do Simvet/RS.

 

Texto: Rejane Costa/AgroEffective

 
Banner
Banner
 
Banner
Haras Itapuã

  

Criador do cavalo Brasileiro de Hipismo (BH) e Andaluz Brasileiro (AB)

Read more text
Qual é a sua idade?
 
Qual é o seu sexo?
 
O que você pratica?
 
Você e seu cavalo saltam que altura?
 
O que falta para o hipismo no Brasil?
 
No Brasil se pratica Hipismo com segurança?
 
home search Google+