Clube do Hipismo
criado em 3/3/2007
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner


Contato





2592192
Today7
Yesterday1925
This week7
This month38384

Ansiedade, autoestima, solidão, depressão e o cavalo
Dicas Médicas

Montar um cavalo trás benefícios muito além da diversão, nós podemos dizer que a "equoterapia" não se aplica apenas às pessoas com sérias deficiências, na verdade, a interação com o cavalo, através da orientação correta, ajuda no combate de vários distúrbios e deficiências físicas, colaborando para o equilíbrio emocional e bem estar.

Não existe animal mais admirado pelo ser humano do que o cavalo. Estão entre os mais elegantes da Terra, pois é um símbolo de força, beleza e virilidade. A relação ser humano e cavalo acontece a partir do momento em que o Homem começa a interagir com o animal, sendo assim o mesmo proporciona a sensação de superação e por consequência o aumento na autoestima. A terapia com cavalos pode ser aplicada em áreas destinada a melhorar a capacidade de socialização ou na recuperação da autoestima.

A equoterapia faz uso da similaridade entre o ritmo do movimento do animal e do ser humano, a pessoa pode sentir o ritmo do próprio coração assim como a periodicidade de sua respiração durante a cavalgada e este movimento leva-o ao encontro suave e harmonioso do seu eu corporal.

É importante desmistificar a equoterapia como um tratamento destinado a distúrbios físicos e emocionais graves, a equoterapia pode ser o inicio para atividades equestres, podemos considerar como a "porta de entrada" para um tratamento continuo através do cavalo.

Segundo Stanley Keleman: "as couraças desenvolvidas são resultados de anos de inadequação emocional e resistência ao seu eu interior; que melhora com o convívio com animais principalmente um tão especial e sensível como o Cavalo.” (Keleman, Stanley. Emotional Anatomy, Berkeley: Center Press, 1985).

FRIEDMAN (1990) foi um dos pioneiros no estudo dos efeitos da interação homem-animal sobre parâmetros fisiológicos e saúde cardiovascular humana, sendo que os resultados de diferentes estudos demonstraram que esta interação pode promover a saúde física através de três mecanismos básicos que incluem a diminuição da solidão e da depressão; diminuindo a ansiedade, os efeitos do sistema nervoso simpático e aumentando o estímulo para prática de exercícios. (FRIEDMANN, E. The value of pets for health and recovery in: Waltham Symposium 20, 1990, Proceedings… Pets, benefits and practice. 1st European Congress of the British Small Animal Veterinary Association, Cheltenham, England: BVA Publications, p.8-17).

É fundamental o trabalho de uma equipe multidisciplinar capaz de escolher o método mais adequado a ser aplicado, acompanhando as atividades e o bem estar dos animais e dos pacientes, que irá refletir no benefício real da qualidade de vida dos mesmos. (SAN JOAQUÍN, M.P.Z. Terapia asistida por animales de conpañia. Bienestar para el ser humano, Temas de Hoy, p.143-149, 2002).

Assim sendo esta escolha terapêutica torna mais atrativo o estado de reabilitação, auxiliando o tratamento de problemas de percepção corporal e de controle da ansiedade. A experiência mostrou-se promissora no tratamento de crianças com hiperatividade e com quadros depressivos. (JULIANO, R.S., JAYME, V.D.S., FIORAVANTI, M.C.S., PAULO, N.M., ATHAYDE, I.B. Terapia Assistida por Animais (TAA): Uma Prática Multidisciplinar para o Benefício da Saúde Humana, 2007).

The World Health Organization, The World Bank 2015, orienta "que para a independência emocional na sua mais completa capacitação física, mental e social, com a total inclusão e participação em todos os aspectos da vida do ser humano há de se ter a inclusão do animal para os melhores resultados.” O artigo recomenda a leitura completa do Relatório mundial sobre a deficiência / World Health Organization, The World Bank ; tradução Lexicus Serviços Lingüísticos. - São Paulo : SEDPcD, 2012. 334 p. Título original: World report on disability 2011.

 

Dra. Cleide S. Lima

Fisioterapeuta responsável técnica cientifica

Membro da equipe DHME

Dra. Ana Murray

Fisioterapeuta

 
Banner
 
Banner
Como anunciar seu cavalo

Divulgue seu cavalo a venda aqui é grátis

Read more text
Qual é a sua idade?
 
Qual é o seu sexo?
 
O que você pratica?
 
Você e seu cavalo saltam que altura?
 
O que falta para o hipismo no Brasil?
 
No Brasil se pratica Hipismo com segurança?
 
home search Google+